quarta-feira, 27 de maio de 2015

Mossoró: Selo dos Correios sobre abelhas tem lançamento na Ufersa

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) recebe o lançamento da A série de selos dos Correios “Abelhas Brasileiras Melíponas – Abelhas sem ferrão”, em concorrido evento no auditório da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, no campus de Mossoró. O evento ocorrido na sexta-feira (22) marca também a condição da Ufersa como referência acadêmica de pesquisa com abelhas no Brasil.

Selo chama a atenção para as abelhas
A coleção de selo destaca a imagem de seis espécies pela sua originalidade e importância para a preservação do equilíbrio ecológico e a exploração sustentável da meliponicultura (criação de abelhas sem ferrão). São elas: Uruçu do Chão, Uruçu Amarela, Jandaíra, Iraí, Jataí da Terra e Jati. Os interessados e colecionadores de selos postais já podem adquiri-los nas agências dos Correios de Mossoró.

As primeiras edições, que terão tiragem de 720 mil unidades, foram carimbadas pelo gerente comercial dos Correios no RN, Marco Antônio Silva, pelo reitor da Ufersa, José de Arimatea de Matos, e pelos professores especialistas Dirk Koedam e Lionel Gonçalves.

Além de Mossoró, também estão no circuito do lançamento as cidades de Curitiba/PR, Fortaleza/CE, Porto Alegre/RS, Poços de Caldas/MG e Teresina/PI. Os selos foram criados por José Carlos Braga, que utilizou as técnicas de quadricromia com aplicação serigráfica de verniz aromático e computação gráfica. 

terça-feira, 26 de maio de 2015

Gigante do Ensino: Maior espaço de eventos do RN é adquirido pela Ufersa

Expocenter agora é inteiramente da Ufersa
O maior espaço de eventos do Rio Grande do Norte, o Expocenter, é adquirido pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), após 10 anos sob o comando da Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM).

A aquisição foi formalizada nas dependências da reitoria da Ufersa, com as assinaturas do reitor José de Arimatea de Matos e do presidente da ACIM, empresário Nilson Brasil Leite, na manhã da segunda-feira (25).

A Ufersa adquire o Centro de Exposição de Mossoró Enéas Negreiros, Expocenter, ressarcindo a ACIM com o valor de R$ 934 mil, através de pagamento que será feito em 03 parcelas, com a primeira acontecendo em um prazo de 60 dias. "O pagamento é para cobrir todos os investimentos feitos pela associação na construção predial. A partir de agora o prédio do Expocenter é de plena responsabilidade da Ufersa", disse Arimatea de Matos.

Pelo contrato, também ficou estabelecido que a Ufersa disponibilizará nos próximos 05 anos, até 2020, as instalações do Expocenter para a ACIM realizar a Feira de Indústria e Comércio da Região Oeste, a Ficro. A data do empréstimo não poderá coincidir com as datas de colação de grau promovida pela Ufersa.

O espaço do Expocenter já se encontrava dentro do amplo território da gigante Ufersa. No ano de 2004, ainda como Escola Superior de Agricultura de Mossoró, a instituição concedeu cessão de terreno para Associação comercial e Industrial de Mossoró construir o prédio. A obra foi executada com recursos da ACIM, da Prefeitura Municipal de Mossoró e do Governo do Estado. Agora, com a indenização, o Expocenter passa a pertencer definitivamente a Ufersa.

domingo, 24 de maio de 2015

Instituto Kennedy vai interiorizar seus cursos de formação inicial e continuada

Estudantes em moderna sala de aula do Kennedy
(Foto:Danilo Bezerra)
A interiorização do Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy planejada para acontecer ainda este ano representa uma das notícias mais significativas em se tratando de ensino público no Rio Grande do Norte. O Instituto Kennedy, como é conhecido no Estado, representa um nome referência na formação inicial e continuada de professores. Com sua condição de IES (Instituição de Ensino Superior), o Instituto Kennedy tem ampliado sua atuação em se tratando de formação para o exercício do magistério e sua presença é requisitada em diversas regiões do Rio Grande do Norte.

“Pretendemos fazer a interiorização das ações do Kennedy através da Educação à Distância ainda este ano. Estaremos iniciando a oferta de cursos de extensão e posteriormente de pós-graduação e de graduação. Existe uma grande solicitação de cursos por parte de professores da rede estadual de cidades de várias regiões do Rio Grande do Norte”, afirma a diretora geral do Instituto, Marlene Fernandes Ribeiro.

A diretora geral também informa que o Kennedy irá ofertar mais vagas no 2º semestre deste ano para alunos de Pedagogia. Serão pelos menos 04 turmas com 25 a 30 alunos com aulas de segunda à quinta-feira nos períodos matutino e vespertino. Turmas dirigidas para professores e funcionários da rede estadual. Turmas que também contemplam professores egressos da rede municipal através de convênio existente com a Prefeitura de Natal.

Marlene Fernandes lidera a nova equipe gestora do Instituto Kennedy, empossada no dia 28 de janeiro pelo secretário da Educação do RN, professor Francisco das Chagas Fernandes, composta também pelo coordenador pedagógico, José Paulino Filho, e pela coordenadora administrativa, Márcia Maria Alves de Assis. Equipe que tem a responsabilidade de manter o nome referência na Educação alcançado pelo Instituto Kennedy. Nome que desponta no ensino em toda a sua amplitude, desde os primeiros ano do Fundamental com a Escola Presidente Kennedy, a mais bem avaliada instituição escolar da rede estadual pelo IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) até os cursos de nível superior ofertado pelo IES Presidente Kennedy. Temos a consciência de que o Kennedy é uma instituição que tem um nome a zelar”, ressalta a diretora Marlene Fernandes.

Nova direção do Kennedy: Meta é interiorização
O Instituto Kennedy é uma autarquia do Estado do Rio Grande do Norte, vinculada a Secretaria da Educação, e significa hoje uma oportunidade real e concreta para os educadores terem acesso aos cursos de formação inicial e continuada.

O Instituto oferta cursos de licenciatura nas áreas de Letras, Matemática e Pedagogia. Oferta também cursos de pós-graduação Lato Sensu (especialização) em seis áreas. Associados aos cursos de pós-graduação vinculam-se grupos de pesquisas. Hoje, estão instalados os grupos de pesquisa de Matemática, Língua Portuguesa, EJA (Educação de Jovens e Adultos), Gestão e Formação Docente, e Corporeidade.

O Instituto tem oferecido diversos cursos de extensão em áreas como Matemática, Língua Portuguesa, Educação Física, Geografia, Artes, História, Educação Ambiental, Educação Sexual, e Estudos das obras de Paulo Freire. Esses cursos têm acontecido dentro da região metropolitana de Natal, voltados principalmente para as quatro escolas que compreendem o Complexo Educacional Presidente Kennedy – Escola Estadual Edgar Barbosa, Escola Estadual Presidente Kennedy, Escola Estadual Joaquim Torres, e Escola Estadual Manoel Vilaça.

O coordenador pedagógico do Instituto, professor José Paulino Filho, diz que um dos maiores propósitos do Complexo Educacional é fazer valer uma integração curricular entre as cinco escolas, sob a coordenação do IES Kennedy. “O Instituto quer atuar no Complexo com o objetivo de ajudar no acompanhamento da execução pedagógica curricular para as escolas”, fala Paulino.

O Instituto Kennedy já vem acompanhando e contribuindo com as jornadas pedagógicas das escolas do Complexo, com a oferta de oficinas, ações de pesquisa e a abertura para utilização de seu laboratório de Matemática. O Instituto também reserva um número de vagas em seus cursos de extensão, graduação e pós-graduação para professores e gestores das escolas que compreendem o Complexo Kennedy.

Funcionando no bairro de Lagoa Nova, Natal, o Instituto Kennedy atende em suas ações de ensino, pesquisa e extensão a cerca de 1.000 alunos, muitos desses vindos de municípios do interior do Rio Grande do Norte. O Complexo Educacional Presidente Kennedy, que compreende o próprio IES e mais as quatro escolas localizadas nas proximidades, conta com mais de 3.000 alunos.

Em sua estrutura própria, o IES Kennedy tem 02 laboratórios, 13 salas de aula, 02 auditórios, 01 biblioteca, sala de gestão administrativa, sala de coordenação pedagógica, sala de gestão financeira, sala de registro acadêmico, sala de assessorias de planejamento, sala de professores com dois ambientes, e o NEPE (Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão na Educação) que abriga a Pesquisa e Ensino de Pós-graduação. Conta com 41 professores formadores, 12 funcionários técnico-administrativos e 01 bibliotecário.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Educação do RN: Herança de problemas estruturais nas escolas estaduais se deve a falta de planejamento nas gestões anteriores

A Secretaria da Educação do RN vem atuando desde o primeiro dia da atual gestão para resolver problemas de ordem estruturante em prédios de escolas da rede pública gerados pela ausência de manutenção em dezenas de anos em conseqüência da falta de planejamento de administrações anteriores. Esta constatação foi feita pelo subsecretário da Educação, Domingos Sávio de Oliveira, em entrevista a emissora de televisão de Natal na tarde da quarta-feira (20) que tinha como pauta os problemas de estrutura física do prédio da Escola Zila Mamede, localizada no Conjunto Pajuçara, Zona Norte de Natal.

Domingos: "Faltou planejamento"
A Escola Zila Mamede tem problemas de falta de manutenção na instalação elétrica e de cupins em seu madeiramento. Sobre a situação da Escola Zila Mamede, o subsecretário da Educação disse que está sendo adotada uma solução emergencial que deverá estar pronta dentro de 60 dias. Domingos adiantou também que a Escola Estadual Zila Mamede, devido a necessidade legal da abertura de processo de licitação, deverá passar por ampla reforma em sua estrutura física em médio prazo.

O subsecretário afirmou ainda que praticamente todas as 638 escolas da rede pública estadual enfrentam algum tipo de problema em sua estrutura física devido a falta de planejamento nas gestões anteriores. “Herdamos dificuldades de toda ordem na rede física das escolas devido a falta de planejamento das gestões que nos antecederam. Agora nos cabe organizar a rede de escolas, sanando as dificuldades imediatas, e estabelecer o necessário planejamento para fazer com que a Educação chegue a todos os potiguares com qualidade social”, completou Domingos Sávio.

terça-feira, 19 de maio de 2015

Alunos de escolas estaduais colocam RN no topo do Atletismo brasileiro

Atletas são homenageados pelos secretários da Educação,
Francisco das Chagas, e do Esporte, George Câmara
Alunos/atletas de escolas estaduais colocam o Rio Grande do Norte no topo Atletismo brasileiro com 14 medalhas conquistadas no Campeonato Brasileiro Estudantil 2015. Foram 06 medalhas de ouro, 06 de prata e 02 de bronze. O Campeonato Brasileiro Estudantil, categoria de 15 a 18 anos, aconteceu na cidade de Recife, Pernambuco, no período de 2 a 4 deste mês.

Conduzido pela força e o talento dos atletas das escolas estaduais, o Rio Grande do Norte alcançou o 2º lugar geral nacional no feminino e o 3º lugar geral nacional no masculino. “Tivemos um grande resultado, mas podemos crescer ainda mais”, afirmou o técnico da Escola Estadual João Tibúrcio, de Goianinha, e da delegação do RN, Juscelino de Souza.

Um dos principais destaques do Campeonato, que reuniu atletas de todo o Brasil, Pedro Iago Natan e Silva, é aluno da Escola Estadual Querubina Silveira, localizada na cidade de Cerro Corá, região Seridó do Rio Grande do Norte. O aluno/atleta de escola pública conquistou a medalha de ouro vencendo a prova de 110 metros com Barreiras no masculino. Pedro Iago foi também medalha de bronze alcançando o 3º lugar na prova de Salto em Distância.

Como campeão brasileiro, Pedro Iago Natan representará o país no Campeonato Mundial que acontece na China no mês de junho. “A escola tem nos ajudado bastante na prática do Esporte e o Governo vem garantindo nossa participação nos eventos”, disse o atleta medalha de ouro.

Outros importantes destaques do Rio Grande do Norte no Campeonato Brasileiro Estudantil foram Suzana França, medalha de ouro nos 800 metros; Sandinara Gomes, medalha de ouro nos 400 metros; Gilvandson Nascimento, medalha de ouro no lançamento de dardo; José Wellington, medalha de prata nos 100 metros; Juliana Ramalho, medalha de prata nos 300 metros sobre barreiras; Enedina Kátia, medalha de prata nos 100 metros com barreiras; Débora Alves, medalha de prata no lançamento de dardo; Francisco das Chagas, medalha de bronze nos 200 metros; e Josenildo Ferreira, medalha de bronze no lançamento de disco.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Natal: Consultor da Anvisa fala sobre segurança do paciente em evento no UNI-RN

Especialistas na área da saúde consideram que é mais seguro, hoje, viajar com frequência de avião do que estar preso a um leito hospitalar. Por essa razão, discute-se cada vez mais o papel do profissional de saúde no cuidado e na segurança do paciente. Incluindo-se aí, o profissional de enfermagem.
Para promover o debate sobre o tema, o Centro Universitário UNI-RN sedia nesta terça-feira (19), das 8h às 12h, a conferência: “Papel do enfermeiro na construção da cultura de segurança do paciente”. O evento é uma promoção do Hospital Papi, sob a coordenação da gerência do setor de Enfermagem do hospital, e conta com o apoio da coordenação do curso de Enfermagem e das Clínicas Integradas do UNI-RN.
Será palestrante da conferência o professor adjunto de Saúde Coletiva da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), Zenewton André da Silva Gama. Zenewton é fisioterapeuta graduado pela UFRN, com mestrado e doutorado pela Universidad de Murcia (Espanha). Atualmente, também atua como consultor da Anvisa e é coordenador do Mestrado Profissional de Qualidade e Segurança do Paciente na UFRN.
À tarde, a partir das 14h, haverá o “Labirinto da Segurança”, que trará oito estações temáticas inspiradas nas metas internacionais de segurança do paciente, entre elas: comunicação efetiva de profissionais da saúde, cirurgia segura e administração correta de medicamentos. 
O evento está dentro da programação da 76ª Semana de Brasileira de Enfermagem (SEBEn).

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Escola SESC do Rio de Janeiro abre inscrições para estudantes de todo o país

Escola SESC de Ensino Médio
A Escola Sesc de Ensino Médio (ESEM), do Rio de Janeiro, abre inscrições para o processo seletivo 2016 para estudantes de todo o país. As inscrições foram iniciadas no dia 30 de abril e prosseguem até 22 deste mês.

A Escola Sesc de Ensino Médio oferece 04 bolsas integrais para alunos do Rio Grande do Norte. Jovens potiguares entre 13 e 15 anos de idade podem se candidatar a uma vaga na escola-residência, considerada referência em todo o Brasil. O edital e todas as informações relativas às inscrições estão disponíveis no site do Sesc RN, o www.sescrn.com.br. As inscrições são feitas por meio do site  www.escolasesc.com.br

Além da exigência da faixa etária, também é preciso que o estudante tenha concluído ou seja concluinte do 9º ano do Ensino Fundamental. Também é dada prioridade a dependentes de comerciários, a alunos cujas rendas familiares não ultrapassem três (03) salários mínimos, a estudantes oriundos de Escolas Sesc e de escolas públicas, e a bolsistas de escolas particulares. Os computadores das bibliotecas Sesc RN estarão à disposição para que os candidatos efetuem suas inscrições.

O processo de admissão tem três etapas: na primeira, serão aplicadas provas objetivas das disciplinas Língua Portuguesa, Matemática e Conhecimentos Gerais, além da solicitação de uma redação; na segunda etapa, são contabilizados os pontos do candidato com base nos critérios indicados no edital; e, por fim, na última etapa, é feita a entrevista com o candidato e seus responsáveis. Os aprovados terão todas as despesas custeadas pelo Sesc durantes os três anos de Ensino Médio.

34 alunos potiguares já cursaram o Ensino Médio na escola. No ano de 2014, quatro concluíram o Ensino Médio na ESEM, e todos eles foram aprovados com boa pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio (ESEM) de 2015. Um rendimento de 100% que comprova a qualidade do ensino oferecido na escola.

A Escola Sesc de Ensino Médio foi criada há 07 anos como um projeto pioneiro na área da educação. Criada e mantida pelo SESC, está localizada na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro,  funciona como escola-residência e é inteiramente gratuita. Inaugurada em 19 de fevereiro de 2008, a Escola SESC conta hoje com 500 estudantes nas três séries do Ensino Médio, que moram nas vilas residenciais junto com professores e gestores.

As turmas têm no máximo 15 estudantes, com idades entre 13 e 18 anos. O projeto pedagógico da Escola se baseia na formação da cidadania e na articulação da área acadêmica e da educação profissional. O regime de horário integral possibilita a oferta de atividades educativas em salas de aula e extraclasse em diversos espaços externos e internos da Escola: centro de liderança, teatro, laboratórios, oficinas, salas de artes, música e dança, biblioteca e complexo esportivo.

domingo, 10 de maio de 2015

Natal: Centro referência em Educação Especial no RN comemora 30 anos de atividades

Diretora Inês Albano conduz solenidade comemorativa
Leia também com tradução completa em Inglês

O Centro Estadual de Educação Especial, conhecido como Centrinho, faz evento em comemoração aos seus 30 anos de atividades no atendimento a estudantes com deficiências. 

A solenidade comemorativa aconteceu na tarde da quinta-feira (7) nas dependências do Centro Estadual de Educação Especial, no Centro Administrativo do Governo do RN, em Natal. Evento que contou com as presenças do subsecretário da Educação do RN, Domingos Sávio de Oliveira, e do subcoordenador de Educação Especial, Joiran Medeiros. 

A programação teve a apresentação do Grupo Esperança Viva da Escola de Música da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), da Banda de Música da Escola Estadual Nestor Lima, exposição de produções dos estudantes do Centro (pinturas e fotografias), do grupo de Balé da Escola Estadual Severino Bezerra. 

“Destaco o importante trabalho de suporte pedagógico e de inclusão educacional que o Centro tem desempenhado nesses 30 anos”, disse o subsecretário da Educação, Domingos Sávio. 

Para o subcoordenador de Educação Especial, Joiran Medeiros, que faz parte da história do Centrinho desde seu início, participando como professor do Estado da equipe técnica pedagógica que planejou seu funcionamento, o Centro atua como um apoio pedagógico complementar ou suplementar aos alunos matriculados na escola comum. “O Centrinho vem cumprindo esse papel ao longo de sua história de ajudar na garantia da permanência do aluno na escola regular”, ressaltou Joiran. 

A atuação do Centro de Educação Especial como importante reforço no trabalho de inclusão e de estímulo para a aprendizagem de alunos com deficiências é hoje referência no Rio Grande do Norte. O Centro tem na direção a professora Inês Albano e conta hoje com 56 funcionários efetivos e 03 terceirizados de apoio. São 52 professores, dentre eles, alfabetizadores, psicopedagogos, psicólogos, fonoaudiólogos, e especialistas em artes visuais, música, dança e prática esportiva. 

Na chegada inicial ao Centro, o aluno passa por um serviço de avaliação feito por psicólogo, psicopedagogo, fonoaudiólogo, pedagogo e assistente social – que define como a instituição vai atender ao novo estudante. Esse aluno do AEE (Atendimento Educacional Especializado) tem que estar matriculado regularmente na escola comum. 

O Centro tem hoje 386 alunos e funciona nos períodos matutino e vespertino. Pela manhã atende a alunos que estudam á tarde na escola regular, e no período da tarde atende aos que estudam na escola regular pela manhã. O Centro atende hoje a alunos da rede estadual e municipal de Natal, Macaíba, Montanhas, Parnamirim, São José de Mipibu, Extremoz, João Câmara, São Gonçalo do Amarante, Ceará Mirim e Tibau do Sul. 

O Centro Estadual de Educação Especial é um órgão da Secretaria da Educação do RN vinculado a Suesp (Subcoordenadoria de Educação Especial) e a 1ª Direc (Diretoria Regional de Educação e Cultura). Fundado em 29 de abril de 1985, funcionou inicialmente em parte do prédio do Supletivo Felipe Guerra, em Petrópolis, Natal. Posteriormente, ainda na década de 80, passou a funcionar na Rua Olinto Meira, bairro do Alecrim, Natal. No final dos anos 80, mudou novamente para as dependências da Escola Estadual Edgar Barbosa, no bairro de Lagoa Nova, Natal. No início dos anos 90, o Centro é transferido para o prédio em que se encontra hoje, dentro do Centro Administrativo do Governo do RN, em Natal.

sábado, 9 de maio de 2015

Natal: Entusiasmo marca a abertura dos Jerninhos 2015

Abertura do Jerninhos 2015 no ginásio do DED (Foto: Danilo Bezerra)
Abertura dos Jerninhos 2015 tem banda de música, shows acrobáticos, presença de campeões do Esporte Escolar e entusiasmo do público presente. Em festa esportiva ocorrida na manhã deste sábado (9), no Ginásio Marcelo Carvalho (DED), no bairro de Candelária, em Natal, a Coordenadoria de Desportos (Codesp) da Secretaria da Educação do RN deu início aos Jerninhos (Jogos do Ensino Fundamental) com participação recorde de escolas e de atletas.

Após o hino nacional, acendimento da pira olímpica e do juramento do atleta, o secretário da Educação do RN, Francisco das Chagas Fernandes, abriu oficialmente os Jerninhos 2015 e também o novo Ginásio Marcelo Carvalho (DED) para jogos e eventos esportivos. “É com alegria que abro os Jerninhos de 2015 e reabro essa grande praça de esportes, que é o ginásio do DED, na Zona Sul de Natal”, disse o secretário Francisco das Chagas.

O Coordenador da Codesp, Gileno Souto, destacou a grande participação de escolas e alunos/atletas nos Jerninhos de 2015 e a reabertura do ginásio do DED. “Temos grande participação este ano e o ginásio do DED será utilizado pela competição sábados e domingos até o dia 31 deste mês. Estamos também reabrindo o ginásio do DED, a principal praça de esportes da Zona Sul de Natal”, ressaltou Gileno.

A solenidade de abertura contou também com as presenças do secretário do Esporte e do Lazer do RN, George Câmara; do subsecretário da Educação do RN, Domingos Sávio de Oliveira; do secretário adjunto do Esporte, Francisco Canindé de França; do prefeito de Touros, Ney Leite; e da presidente da Federação Norteriograndense de Atletismo, Magnólia Figueiredo.

Durante a solenidade foram homenageados os atletas da delegação de Atletismo do Rio Grande do Norte que tiveram participação inédita com recorde de medalhas no 1º Campeonato Estudantil Brasileiro, categoria de 15 a 18 anos, realizado na cidade de Recife, Pernambuco, no período de 2 a 4 deste mês. A delegação do Rio Grande do Norte conquistou o 2º lugar geral nacional no feminino, e o 3º lugar geral nacional no masculino. Entre os ganhadores de medalha, está o jovem Iago Natan e Silva, atleta/aluno da Escola Estadual Querubina Silveira, localizada no município de Cerro Corá, que conquistou o Ouro nos 110 metros com barreiras. Iago Natan vai agora representar o Rio Grande do Norte e o Brasil nos Jogos Mundiais que acontecem na China no mês de junho.

A abertura dos Jerninhos 2015 também fica marcada pela grande presença de público nas dependências do Ginásio do DED, pela banda de música da escola “Faculdade da Criança de Natal”, sob a regência do maestro Carlos Munai, e pela beleza dos shows acrobáticos e circenses.

Os Jerninhos 2015 movimentam cerca de 1.400 alunos/atletas de 78 escolas públicas e privadas localizadas nos municípios de Natal, Nova Cruz, Ceará Mirim, Goianinha, João Câmara, São Paulo do Potengi e Parnamirim.

Os 1400 alunos/atletas disputarão 15 modalidades esportivas - basquete, futsal, futebol, xadrez, atletismo, ginástica artística, handebol, voleibol, karatê, taekwondo, badminton, natação, atletismo, judô e tênis de mesa.

O campeonato acontece em duas categorias de idade. A categoria 1 envolve alunos de 7 e 8 anos de idade e nesta competição todos alunos participantes recebem premiação. Na categoria 2, disputada por alunos de 9 e 10 anos, ocorrem competições com premiação para os primeiros colocados.

As competições serão realizadas até o dia 31 deste mês, sempre aos sábados e domingos, em ginásios esportivos localizados em Natal: ginásio do DED, Centro Moura, CEI Romualdo, Henrique Castriciano, Contemporâneo Cidade Verde , CAIC de Lagoa Nova ,FACEX e Aero Clube.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Natal: Educação do RN começa Jerninhos 2015 neste sábado (9)

Por Jorge Ivan Barbosa

A Secretaria da Educação do RN inicia neste sábado (9) a edição 2015 dos Jerninhos (Jogos do Ensino Fundamental) com participação recorde de escolas e de atletas. O evento de abertura acontece no ginásio Marcelo Carvalho (DED), no bairro de Candelária, em Natal.

Os Jerninhos são promovidos e realizados pela Secretaria da Educação do RN, por meio da Coordenadoria de Desportos (Codesp).

Um total de 78 escolas disputarão as competições. São escolas públicas e privadas localizadas nas cidades de Natal, Nova Cruz, Ceará Mirim, Goianinha, João Câmara, São Paulo do Potengi e Parnamirim.

Cerca de 1400 alunos/atletas disputarão 15 modalidades esportivas - basquete, futsal, futebol, xadrez, atletismo, ginástica artística, handebol, voleibol, karatê, taekwond, badmintom, natação, atletismo, judô e tênis de mesa.

As competições serão realizadas em ginásios esportivos localizados em Natal: ginásio do DED, Centro Moura, CEI Romualdo, Henrique Castriciano, Contemporâneo Cidade Verde , CAIC de Lagoa Nova ,FACEX e Aero Clube.

O campeonato acontece em duas categorias de idade. A categoria 1 envolve alunos de 7 e 8 anos de idade e nesta competição todos alunos participantes recebem premiação. Na categoria 2, disputada por alunos de 9 e 10 anos, ocorrem competições com premiação para os primeiros colocados.

Na solenidade de abertura além do cerimonial formal, hino, juramento, e corrida do fogo, haverá apresentações de palhaço e distribuição de picolé, pipoca e algodão doce.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Mossoró: Ufersa faz levantamento sobre estragos do redemoinho que destruiu restaurante universitário

Redemoinho detona restaurante universitário da Ufersa
A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) está fazendo levantamento sobre os estragos causados pelo redemoinho que destruiu o restaurante universitário no campus leste de Mossoró na tarde do sábado (2).

O restaurante universitário fornecia em média 1.300 refeições por dia. No enfrentamento da destruição, a Ufersa decidiu fornecer quentinhas aos 310 estudantes que moram na Vila Acadêmica a partir da segunda-feira (4) e colocar à disposição dos demais usuários transporte para deslocamento do campus até o restaurante popular do Governo do Estado.

Em entrevista, o reitor da Ufersa, professor José de Arimatea de Matos, adiantou que a Superintendência de Infraestrutura da Universidade está fazendo um levantamento dos prejuízos. 

Além do prédio do Restaurante Universitário também foi danificado o telhado do prédio da Fábrica de Ração,também no Campus Leste. 

O reitor disse ainda que dentro de uma semana, o atendimento aos estudantes que dependem do restaurante será feito no novo prédio do Centro de Convivência, localizado no Câmpus Oeste. “Estamos trabalhando para retomar as atividades do restaurante o mais breve possível”, afirmou. O prédio do Centro de Conivência Oeste é recém-construído e está sendo adaptado para receber o refeitório do Restaurante Universitário.

Alunos de escolas estaduais do RN brilham no Taekwondo nacional e mundial

Milena, Richardson e Raynara: campeões do Taekwondo
A escola pública estadual do RN permanece despontando com força no cenário do esporte escolar. As conquistas recentes no taekwondo colocam o esporte escolar em uma posição de liderança na região Nordeste e de destaque no âmbito internacional.

Os alunos/atletas Raynara Mendonça da Silva, Richardson Felipe da Silva e Milena Karla Gomes Lopes, trouxeram para o Rio Grande do Norte duas medalhas de ouro e uma de bronze no certame Open Nordeste da Taekwondo, ocorrido no dia 11 do último mês na cidade de João Pessoa, PB. O técnico responsável pelos vitoriosos atletas é Cleiton Fideles.

Raynara Mendonça, 15 anos, é estudante do 1º ano do ensino médio da Escola Estadual Dioscoro Vale, localizado na Zona Norte de Natal, e moradora do Conjunto Pajuçara. Raynara conquistou a medalha de ouro competindo na categoria Juvenil Feminino até 59 quilos. Raynara também disputou o Mundial de 2014 na cidade de Taipei, na China, alcançando a 6ª posição em sua categoria. A atleta também disputou a seletiva para a Seleção Brasileira de Taekwondo no mês de março deste ano, ficando em 3º lugar no país inteiro em sua categoria.

Raynara despertou para o taekwondo há cinco anos a partir do estímulo dado pelo programa Mais Educação na Escola Estadual Dioscoro Vale. Foi lá que ela deu os primeiros passos no esporte e é lá que atua até os dias de hoje. A atleta destaca o apoio que tem recebido de órgãos públicos na sua trajetória de conquistas: “O apoio da Secretaria Estadual da Educação tem sido muito importante para garantir nossa participação nos eventos, aqui e fora do Brasil”, disse Raynara Mendonça.

O atleta Richardson Felipe da Silva, 16 anos, aluno do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual Dioscoro Vale, morador do Conjunto Pajuçara, Zona Norte de Natal, conquistou a medalha de ouro no Open Nordeste de Taekwondo na categoria Juvenil Masculino até 68 quilos, sagrando-se bi-campeão da competição. Richardson começou sua carreira no taekwondo também há cinco anos, pela via do estímulo do programa Mais Educação na Escola Estadual Josefa Sampaio, no bairro de Santos Reis, em Natal.

A atleta Milena Karla Gomes Lopes, 18 anos, moradora do bairro de Dix-Sept Rosado, é aluna do 1º ano do ensino médio da Escola Estadual Edgar Barbosa, localizada no bairro de Lagoa Nova, em Natal. Milena é medalha de bronze no Open Nordeste de Taekwondo na categoria Sub 21 Feminino até 57 quilos. A atleta também esteve no Mundial de Taekwondo em Taipei, na China, e conquistou o 5º lugar em sua categoria.

Milena iniciou sua carreira no taekwondo na Escola Estadual Francisco Ivo, no bairro de Dix-Sept Rosado, em Natal, dentro do programa Mais Educação. A atleta destaca o apoio que tem recebido da Secretaria da Educação do RN e das escolas estaduais que ensejaram a possibilidade da prática do esporte. “Acho de extrema importância o apoio da Secretaria Estadual de Educação, pois nossos pais não têm muita condição, e quando encaramos a possibilitar de representar nosso Estado e nosso país, essa ajuda nos garante a participação”, destacou Milena Karla.

O diretor da 1ª Direc (Diretoria Regional de Educação e Cultura), órgão da Secretaria da Educação do RN que compreende a jurisdição das escolas estaduais de Natal, Daniel Bezerra, destaca o apoio que está sendo dado para garantir a presença de talentos da escola pública no esporte nacional e internacional. “Estamos tendo a oportunidade de mostrar ao mundo o talento desses jovens, e de eles levarem o nome da escola pública do Rio Grande do Norte aos mais distantes lugares. A presença do programa Mais Educação deu a eles a chance de desenvolverem seus talentos, e o apoio da Secretaria da Educação, com a 1ª Direc, garantiu a participação nos grandes eventos esportivos”, afirmou Daniel Bezerra.