segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

RN: Crise econômica faz alunos de colégios particulares migrarem para as escolas estaduais

Escola Edgar Barbosa, Natal: forte e gratuita
57.610 é o número de alunos de colégios particulares do Rio Grande do Norte e vindos de outros estados que se matricularam na rede pública estadual de ensino neste ano letivo de 2016. A presença maior neste número de novos alunos da rede estadual é de estudantes de classe média que deixam os colégios particulares e desembarcam no ensino público.

Este significativo contingente de estudantes que deixam o ensino privado evidencia dois aspectos dignos de registro: 1º) sacrificadas pela crise econômica, famílias de classe média são forçadas a trocarem os colégios particulares de seus filhos por escolas públicas estaduais gratuitas; e 2º) a normalidade do ano letivo de 2015 na rede pública estadual de ensino trouxe algum alento de credibilidade para um sistema deteriorado exatamente pela inconsistência de seu calendário devido as greves que se tornaram costumeiras.

O número de matriculados superior a 57 mil novos egressos de colégios particulares do RN e de estudantes de outros estados, deve crescer ainda mais até o final desta semana, já que os pais costumam esperar o início das aulas para decidirem a escola na qual irão colocar seus filhos.

As aulas na rede pública estadual do Rio Grande do Norte foram iniciadas no dia 15 deste mês. O Estado tem hoje matriculados 218.877 alunos em sua rede de ensino formada por 639 escolas, e trabalha com a oferta de Ensino Médio e Ensino Fundamental.

Os dados apresentados são da Secretaria da Educação do RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário