quarta-feira, 6 de abril de 2016

Parlamento Jovem Brasileiro: inscrições estão abertas até o dia 10 de junho

O Parlamento Jovem Brasileiro, edição 2016, tem inscrições abertas até o dia 10 de junho. Podem participar alunos do ensino médio ou técnico de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, com idade entre 16 e 22 anos. O Parlamento Jovem Brasileiro é um programa da Câmara dos Deputados que leva jovens estudantes a viverem a experiência de uma jornada parlamentar.

A edição deste ano será realizada de 26 a 30 de setembro, nas dependências do Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor), e nos plenários de comissões e no plenário Ulysses Guimarães, na Câmara Federal.

Os interessados têm que estar matriculados no 2º ou 3º ano do ensino médio ou no 2º, 3º ou 4º ano do ensino técnico, na modalidade integrada ao ensino médio. Devem enviar suas fichas de inscrições e toda a documentação necessária à Secretaria de Educação do seu estado.

O estudante interessado em participar deve elaborar um projeto de lei de sua autoria propondo mudanças para melhorar a realidade do país. O tema é livre, mas deve ter impacto nacional.

O programa também tem o objetivo de estimular nas escolas a discussão de temas como política, cidadania e participação popular.

Encontro dos Coordenadores Estaduais

A primeira etapa do programa foi o encontro dos coordenadores estaduais, que ocorreu na segunda (21/3) e na terça-feira (22/3), no auditório do Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento da Câmara Federal, em Brasília. Os coordenadores são servidores designados pelas Secretarias de Educação responsáveis por conduzir as ações de divulgação do PJB nos estados, assim como coordenar a pré-seleção dos projetos.

Durante a realização do PJB, eles acompanham em tempo integral os estudantes de cada estado, sendo responsáveis por sua disciplina e pela manutenção da ordem durante todo o período de permanência dos parlamentares jovens em Brasília.

78 projetos serão selecionados na edição deste ano. O número de representantes jovens por estado e no Distrito Federal é feita de maneira proporcional, como nas eleições oficiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário