segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Matemático da Universidade de Coimbra, ganhador do Prêmio Lagrange, participa de pesquisa sobre petróleo na UFRN

Professores João Medeiros de Araújo, Luis Nunes Vicente
e Liacir dos Santos Lucena (Foto: AnoteRN)
Por Isaias Oliveira (Portal Foco Nordeste/AnoteRN)

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebe neste mês de dezembro a presença do professor português Luis Nunes Vicente, laureado nome da Ciência mundial, especialista em Matemática Aplicada no campo da Otimização. O professor Luiz Nunes, da Universidade de Coimbra, é ganhador de um dos maiores prêmios internacionais na Matemática, o Prêmio Lagrange, no ano de 2015. O Prêmio Lagrange, que acontece de 3 em 3 anos, é conferido por duas importantes instituições científicas – a Society for Industrial and Applied Mathematics (SIAM) e a Mathematical Optimization Society (MOS), a cientistas que se destacaram com trabalhos desenvolvidos internacionalmente na área da Otimização.

O professor Luis Nunes Vicente está no Rio Grande do Norte participando de investigação científica da UFRN voltada para o desenvolvimento de Novos Métodos e Técnicas que objetivam a localização e caracterização de reservatórios (jazidas) de petróleo por meio da análise e interpretação de informações contidas em ondas sísmicas que são espalhadas e reemitidas no interior da Terra, sendo detectadas na superfície.

O projeto da UFRN, que tem a coordenação do professor Emérito da UFRN, Liacir dos Santos Lucena, procura melhorar a resolução das imagens representativas das estruturas do subsolo através da otimização da solução de um problema difícil, que consiste na inversão completa das formas de onda, da equação diferencial parcial que modela o comportamento das ondas sísmicas. Trata-se de um problema de alta complexidade, com um número elevadíssimo de incógnitas, no qual se procura estimar as propriedades físicas e a geometria das diferentes camadas e regiões abaixo da superfície, com base em poucas informações. O que se pretende é conhecer as estruturas geológicas do subsolo, por meio do envio e do posterior retorno de ondas sísmicas após serem modificadas por meios materiais desconhecidos e desordenados. “Esse retorno oferece informações que depois permitem calibrar (ajustar) os modelos matemáticos que descrevem o subsolo. Essa calibração é feita com otimização matemática”, informa o professor Luis Nunes Vicente.

“O interior do nosso planeta apresenta estruturas complexas e heterogêneas, algumas das quais servem de indícios da provável existência ou ocorrência de petróleo ou gás natural. Os dados ou informações obtidas pelas sondagens e prospecções sísmicas, extraídos dos sinais das ondas sísmicas são escassos, quando comparados com o grande volume de grandezas desconhecidas, daí a necessidade da utilização de modelos físicos e matemáticos sofisticados, além de algoritmos intrincados e de cálculos numéricos efetuados em supercomputadores”, ressalta Liacir Lucena.

A otimização matemática permite o melhor conhecimento da jazida e enseja uma exploração petrolífera mais eficaz. Ajustando as respostas trazidas pelas ondas mecânicas, que são emitidas por uma fonte com grande energia e que se propagam abaixo da superfície. Com os modelos matemáticos, pode-se saber, por exemplo, quais as estruturas geológicas, tipos de rochas, geometria, presença de água e localização do óleo. “A otimização matemática, no caso, consegue minimizar os desajustes”, diz Luis Nunes Vicente.

O projeto desenvolvido pela UFRN conta com as participações do Departamento de Física Teórica e Experimental, do Departamento de Controle e Automação, do Programa de Pós-Graduação em Física, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia do Petróleo, e tem o apoio da SHELL dentro das regras estabelecidas pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O projeto está sendo executado por uma equipe multidisciplinar da UFRN englobando físicos, matemáticos, engenheiros, geofísicos, especialistas em informática e ”experts” em computação de alto desempenho. O grupo responsável pelo projeto inclui ainda cientistas e pesquisadores visitantes do Brasil e do exterior, 5 doutores em atividades de pós-doutorado escolhidos através de um processo de seleção de abrangência internacional , 5 estudantes de doutorado e 9 estudantes de mestrado, selecionados de forma similar, e parceiros de outras universidades e do CIMATEC, Centro de pesquisas ligado à Federação das Indústrias do Estado da Bahia.

O alcance da Matemática

“A Matemática, em sua versão mais clássica, estuda a “quantidade” (Álgebra), a “variação” (Analítica) e a “forma” (Geometria), e faz isso substituindo o método experimental pela abstração e o rigor. Atualmente a Matemática também estuda o ”incerto” (Probabilidade) e o “equilíbrio” e a "mínima energia" (Otimização)”, explica Luis Nunes Vicente.

A Matemática está presente em todo o espectro da sociedade e do mundo no qual vivemos. Nos negócios, nas distâncias, no tempo, na Educação, na Saúde, na construção de moradias, prédios, viadutos, estradas, nas viagens aéreas, terrestres e marítimas. Está presente em todo o nosso cotidiano e nos segue por toda parte. Na era tecnológica que vivemos, avança mais ainda e se faz onipresente por meio de um mundo integrado através da computação – smartphones, tabletes, computadores, jogos de videogame e informática em geral. Essa Matemática tão onipresente convoca permanentemente o leitor e o estudante a saber mais sobre ela.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Professora da UFRN defende no Senado a manutenção de Paulo Freire como Patrono da Educação Brasileira

Paulo Freire em sala de aula (Foto: Tribuna do Norte)
A professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Marlúcia Menezes de Paiva, fala na tarde desta terça-feira (28), na Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, em defesa da manutenção do título de Paulo Freire como Patrono da Educação Brasileira.

Cartaz da reunião
Marlúcia Paiva abordará a experiência das “40 Horas de Angicos”, projeto inovador de alfabetização ocorrido no Sertão do Rio Grande do Norte, no ano de 1963, criado e liderado por Paulo Freire. “Minha participação vai ser falar sobre a experiência de Angicos, tanto nos aspectos históricos, como pedagógicos e sociais”, diz Marlúcia.

A defesa do nome de Paulo Freire como Patrono da Educação Brasileira se faz necessária no momento já que existe uma proposta de lei elaborada por um grupo conservador da população solicitando ao Senado Federal que casse esse título dado ao ilustre educador nordestino. Esse processo tem como relatora a senadora potiguar Fátima Bezerra. A reunião do Senado terá também a participação de Moacir Gadotti, do Instituto Paulo Freire.

sábado, 25 de novembro de 2017

Natal: Praça de Neópolis ganha espaço cultural em homenagem a Geraldo Evangelista, um dos grandes professores de história do país

Inauguração da Praça Geraldo Evangelista em Neópolis
“Riquezas de informações” assim define o médico Pedro Cavalcante sobre as aulas de história do professor Geraldo Lucas Evangelista (Geraldão) ao falar em nome dos amigos do professor Geraldão, na tarde da sexta-feira (24), durante inauguração do Espaço Cultural que leva o nome do renomado professor, na praça central de Neópolis, em Natal (RN).

O espaço na praça central de Neópolis foi criado para fomentar a cultura do bairro, no qual Geraldo Lucas morou por grande parte da sua existência. O evento reuniu centenas de amigos, ex-alunos, familiares, escoteiros e pessoas ligadas ao movimento literário e em defesa da natureza.

O médico Pedro Cavalcante lembrou que Geraldo Lucas era verdadeiro contador de história e encantava em suas aulas porque “como professor, ele era perfeito”. Foi viajando pela costa Branca do Rio Grande do Norte que Pedro Cavalcante mais se emocionou com as “histórias” do velho amigo. “Ele me levou até Macau para apresentar um lugar que considerava belo, a Praia de Diogo Lopes”, falou o médico recordando o carinho de Geraldo com sua terra natal e suas belezas naturais.

Grande legado para ensino de história do país

Para o professor e empresário César Jácome, o mestre Geraldo Lucas era uma enciclopédia e, com sua voz marcante, agradava a todos os alunos. “Hoje ele merece ser lembrado com toda virtude de um homem bom. Geraldão deixou um grande legado para o ensino de história do país”, disse.

Outro professor e amigo de cursinhos livres em Natal, o professor Augusto Macedo, destacou que Geraldão possuía um estilo próprio para lidar com o ensino de história. “Geraldo Lucas era dono de uma bagagem cultual fora de série e uma honestidade espetacular”, fala Augusto.

Geraldo Lucas Evangelista morreu em Natal no dia 04 de fevereiro de 2010. Trabalhou na Universidade Federal do Rio Grande Norte e em diversas escolas públicas e particulares em Natal e Macau – terra na qual nasceu e militou nos movimentos sociais da igreja católica durante os anos do golpe militar. Ele era casado com a professora Socorro Evangelista e pai de quatro filhos.

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Educação de Macaíba avança no planejamento participativo do ano letivo de 2018

Domingos Sávio em reunião com o Conselho Municipal de Educação
Educação de Macaíba avança na discussão de metas e pautas importantes para o planejamento participativo e efetivo do ano letivo de 2018. Em mais uma reunião com órgãos, segmentos e instituições que fazem a sociedade organizada do município, o secretário da Educação de Macaíba, professor e sociólogo Domingos Sávio, discutiu com o Conselho Municipal da Educação, na tarde da quinta-feira (23), pautas e metas para o planejamento do próximo ano na rede de escolas públicas de Macaíba. A reunião aconteceu nas dependências da própria Secretaria de Educação do município.

Na oportunidade, Domingos Sávio tratou com o Conselho Municipal de Educação assuntos como o Calendário Escolar 2018 e a Portaria sobre um sistema próprio de avaliação a ser adotada pelo órgão gestor da Educação do município. "Procuramos, dentro da atual gestão municipal liderada pelo prefeito Fernando Cunha, estabelecer vínculos efetivos de discussão e de troca de experiências com o Conselho Municipal de Educação e com outros segmentos importantes da Educação de Macaíba. Nosso interesse é partir para o próximo ano letivo com um planejamento dentro de nossa realidade que contemple a eficiência do ensino", afirmou o secretário da Educação do município, Domingos Sávio.

domingo, 19 de novembro de 2017

Uma viagem de sonhos e de aprendizagem ao Brejo Paraibano

Alunos visitam histórica usina de cachaça
Os alunos das 1ªs. séries do Ensino Médio dos turnos matutino, vespertino e noturno da Escola Estadual Maria Arioene de Souza, localizada na cidade de Campo Redondo, Trairi do RN, participaram de uma viagem pedagógica ao histórico município de Areia, na Paraíba. Participaram cerca de 100 estudantes, a direção da Escola e os professores de Língua Portuguesa, Matemática, Física, Biologia, História, Língua Inglesa, Geografia. 

A viagem pedagógica no dia 1º deste mês contou com aulas de campo em visitas ao Engenho Triunfo, importante produtor de cachaça na região Nordeste; ao Museu do Brejo Paraibano dentro da Universidade Federal da Paraíba; a Trilha do Cumbe; a primeira Igreja Católica de Negros da Paraíba; ao primeiro teatro paraibano; e ao Museu do pintor Pedro Américo. Os alunos também passearam pelas ruas históricas da cidade de Areia, que é patrimônio histórico do estado da Paraíba.

A visita à cidade de Areia (PB), distante 173,6 km do município de Campo Redondo, no Rio Grande do Norte, com a realização de aulas de campo, teve planejamento dos professores da Escola Estadual Maria Arioene de Souza dentro do processo de Formação Continuada desenvolvido com recursos do Projeto de Inovação Pedagógica (PIP) do Governo do Estado, realizado por meio da Secretaria da Educação.

"Os alunos ficaram encantados com a viagem, com os lugares que tomaram conhecimento, com as informações novas recebidas, com as histórias que ouviram e com o próprio clima serrano do lugar. Fizemos trilhas às 11 horas da manhã sem calor nenhum", destacou a professora Francisca Marta de Araújo Silva Alves, diretora da Escola Maria Arioene de Souza. 

Primeira igreja católica de negros da Paraíba
A Escola Estadual Maria Arioene de Souza, criada em 1982 e localizada no centro da cidade de Campo Redondo, funciona nos turnos matutino, vespertino e noturno, oferecendo o 9º ano do Ensino Fundamental e as três séries do Ensino Médio.

O município de Areia está localizado na microrregião do Brejo Paraibano com população estimada em 23.110 habitantes, segundo dados do ano de 2015 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Areia tem uma área territorial de 266.659 km² e se situa em local elevado com relação ao nível do mar. Possui diversas fontes e balneários aquáticos e várias riquezas naturais.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Macaíba investe e é destaque no Xadrez Escolar do RN

Xadrez é modalidade preferida por estudantes
Centro de Cultura de Macaíba sedia entre os dias 28 e 31 deste mês as competições da modalidade de Xadrez da edição 2017dos JERNs (Jogos Escolares do RN). Uma das modalidades que mais atrai o interesse dos jovens em todo o RN, o Xadrez escolar tem avançado significativamente no município de Macaíba, tanto em número de jogadores como no nível competitivo dos atletas.

O crescimento da modalidade em Macaíba tem ligação com a implantação do projeto “Xadrez na Escola” na atual gestão municipal. Neste ano de 2017, o projeto alcançou a marca de 640 estudantes inscritos na disputa por medalhas no Xadrez nas categorias Mirim, Infantil e Juvenil, nos naipes masculino e feminino.

Para as disputas dos Jerns 2017, o projeto Xadrez na Escola, liderado por Diogo Roger, e apoiado pelas secretarias municipais de Educação e de Esportes, conta com 60 atletas devidamente qualificados para representar Macaíba na competição que é a maior do gênero em todo o país.

domingo, 8 de outubro de 2017

Estudante de Tenente Laurentino Cruz representa RN no programa Jovem Senador

Maria Luíza  e Gilvan Lopes, diretor da Escola Padre Sinval
A aluna da 1ª série do ensino médio da Escola Estadual Padre Sinval Laurentino de Medeiros, localizada em Tenente Laurentino Cruz, Maria Luisa Baracho de Souza, 15 anos, vai representar o Rio Grande do Norte no programa Jovem Senador. O resultado foi divulgado no último dia 4 e contou com a participação de 41 mil estudantes potiguares.

O programa é uma realização do Senado Federal, que seleciona anualmente a melhor redação, sobre o tema do ano, produzida por alunos do ensino médio de cada estado brasileiro. Na edição 2017, a 10ª do concurso, teve como tema “Brasil plural: para falar de intolerância”.

Maria Luisa escreveu a redação “Tolerância: um respeito à vida em sociedade”. Para ela o tema é muito relevante dentro do país ondem existem muitas diferenças e lidar com opiniões, atitudes e crenças representam um desafio. “Achei um tema bom de argumentar pelo fato de o Brasil ter a intolerância bem presente apesar de ser um país miscigenado”, disse.

A estudante vai tomar posse como Jovem Senadora em novembro e durante uma semana visita a capital do país, vivenciando o dia a dia do Senado Federal e ao final vai elaborar um projeto lei. “Ainda não sei qual será a lei, mas com certeza será na área da educação”, destacou.

O segundo lugar no RN ficou com o estudante Natan da Silva Barbosa, da Escola Estadual Monsenhor Paiva, localizada em Vera Cruz e a aluna Thalyta Luana Barbosa Segundo alcançou o terceiro lugar, representando o Centro Estadual de Educação Profissional Professora Lurdinha Guerra, localizado em Parnamirim.

Jornada parlamentar

Os jovens senadores estarão em Brasília de 27/11 a 02/12 e a cerimônia de posse ocorrerá no dia 28 de novembro no Plenário do Senado Federal. A legislatura tem início com a posse dos jovens senadores e a eleição da Mesa Jovem e se encerra com a aprovação dos projetos e a consequente publicação no Diário do Senado Federal.

Professor do RN faz palestra sobre Educação Profissional na Universidade do Porto

Otávio Augusto, especialista em Educação Profissional
O professor Otávio Augusto de Araújo Tavares, ex-secretário estadual da educação do RN, ministrou palestra na quinta-feira (12) na Universidade do Porto (FEP), em Portugal, sobre os desafios atuais da Educação Profissional no Brasil. O evento faz parte do Seminário de Economia Social, no âmbito da licenciatura.

O tema da palestra dirigida aos estudantes de Economia Social é "Educação Profissional no Brasil: reflexões e desafios atuais".

“Esta é a segunda vez que trato deste tema em Portugal, a primeira vez foi em 2015”, lembrou o professor Otávio Augusto, doutor em educação com experiência e atuação na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN).

O professor Otávio informou que o convite para a palestra em Portugal, feito através da professora Maria da Conceição Pereira Ramos, da Universidade do Porto, se deve a necessidade de continuar a troca de experiências e o debate que vem sendo realizado entre profissionais de instituições brasileiras e de Portugal, quanto a trabalhos acadêmicos em nível de doutorado e pós-doutorado. No caso do Brasil, por exemplo, as últimas alterações feitas com a Lei n. 13.415/2017 pelo atual governo na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) afetam o ensino médio do país em sua estruturação com cinco itinerários formativos: linguagens e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias e; formação técnico-profissional.

Para o professor Otávio Augusto, isto modifica totalmente a estrutura que vem sendo desenvolvida na perspectiva de uma educação integral, porque os alunos seriam matriculados em apenas uma das áreas. Em Portugal, a educação secundária e educação profissional de nível técnico já vêm sendo desenvolvidas em itinerários formativos diferentes.

Atualizar discussão

Devido as discussões que vêm sendo desenvolvidas no Brasil e os diferentes trabalhos que são construídos por estudantes “fui chamado para atualizar a discussão, após as modificações introduzidas, já que o trabalho apresentado em 2015 na FEP/Porto, não contemplava os desafios postos pela Lei que alterou a LDB”, disse Otávio.

Sobre o diferencial entre Brasil e Portugal com relação a educação profissional, o professor Otávio compara que num paralelo entre os dois países, em Portugal já existe a prática do uso de itinerário formativo profissionalizante e, neste caso, “o peso do currículo é somente com componentes de educação profissional com tempo integral dos estudantes nas escolas”, avalia.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

UFRN abre vagas para pós-docs em pesquisa de alto nível na área do petróleo

Núcleo de Estudos em Petróleo da UFRN
Estão sendo oferecidas cinco vagas para pós-docs em projeto na área de Novos Métodos para Inversão Completa das Formas de Onda e aplicações na exploração de petróleo. O projeto é desenvolvido por parceria firmada entrea a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e a Shell.

A oferta á voltada para doutores nas áreas de Física, Geofísica, Matemática Aplicada, Computação de Alto Desempenho e áreas correlacionadas. Os candidatos selecionados irão receber uma bolsa no valor de R$ 6.819,00 por mês, com duração inicial de 2 anos (iniciando em Nov/2017) podendo ser renovada por mais 2 anos. O projeto será executado no Campus Central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal (RN).

Os interessados podem se candidatar enviando o Curriculum Vitae (CV) para o e-mail fwi_project@fisica.ufrn.br até o dia 20 de outubro de 2017.

A UFRN e a Shell buscam candidatos com conhecimentos avançados em pelo menos uma das seguintes áreas: Equações Diferenciais a Derivadas Parciais, Processos de Otimização, Métodos de Inversão, Otimização baseada em métodos livres de derivadas, Representações Esparsas, Transformada Wavelet, Física Estatística e Computacional, Sistemas Complexos, Inversão Sísmica, Métodos Numéricos, Otimização de Algoritmos e Códigos Computacionais, e Computação de Alto Desempenho.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Natal: Alunos do Colégio das Neves criam pastilha contra o Aedes aegypti

Alunos na produção da pastilha (Foto: Divulgação)
Pauta: Tadeu Oliveira

Estudantes da 2ª série do Ensino Médio do Colégio Nossa Senhora das Neves, em Natal, desenvolveram uma pastilha natural que atua como inseticida no combate a larva do mosquito Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como dengue, chikungunya e zika.

A pastilha, chamada de “anti-dengue”, foi produzida no laboratório de Ciências do Colégio, passando por todo um procedimento de pesquisa, criação, observação e testes durante cinco meses. O produto criado pelos estudantes foi apresentado ao público em exposição científica realizada nas dependências do Colégio na terça-feira (19).

A durabilidade da pastilha, que tem custo baixo de produção, é de três a cinco dias. Leva em sua composição hipoclorito de sódio, que conta com propriedades que atuam na prevenção da proliferação do mosquito. “É algo que vem para somar na luta contra o Aedes aegypti”, ressalta o professor de Química, Robson Correia, professor orientador da experiência científica.

O experimento foi possível graças ao empenho dos alunos, que chegaram a arrecadar recursos financeiros para sua produção. “Boa parte do dinheiro doado para a pesquisa foi de economias de nossas mesadas. Afinal, pesquisa é um investimento e nossa intenção é ajudar à sociedade”, disse Jorge Eduardo Oliveira, 16 anos.

Exposição científica

O Painel Científico foi aberto na segunda-feira (18), às 11h, no Auditório Madre Francisca Lechner, reunindo os projetos realizados no Núcleo de Aprofundamento de Estudos do Colégio das Neves. A exposição dos trabalhos, iniciada na terça (19), prossegue nesta quarta (20), das 7h às 12h30, com a apresentação de cerca de 100 experimentos distribuídos entre o Ensino Médio e Ensino Fundamental em estandes montados no estacionamento do Colégio.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Natal: Contemporâneo leva espetáculo artístico-literário com mais de 500 estudantes ao Teatro Riachuelo

500 estudantes em show artístico-literário no Teatro Riachuelo
Mais de 500 artistas estudantes dividem o palco do Teatro Riachuelo, em Natal, para a produção "Luz, Câmera, Ação", iniciativa e realização do Complexo Educacional Contemporâneo. O projeto faz a adaptação de 13 obras de língua portuguesa que já viraram filmes. O show de protagonismo juvenil, de inovação pedagógica e de criatividade artística acontece na terça-feira (29), a partir das 19h30.

Estão presentes no espetáculo obras de autores consagrados como Graciliano Ramos, Mário de Andrade, José Saramago, Dias Gomes e José de Alencar. Estão adaptados com seus escritos transformados em música, teatro e dança, pelas mãos do competente coreógrafo Dimas Carlos. O espetáculo ainda conta com figurinos marcantes, recursos hightech para cenografia e efeitos especiais.

A diretora geral da produção, professora Irany Xavier de Andrade, conta que a preparação para o “Livro, Câmera, Ação!” acontece desde fevereiro, quando houve uma verdadeira imersão dos estudantes do Contemporâneo nas obras e o início dos ensaios. “Cada número leva artistas e espectadores para dentro da obra adaptada. Teremos a oportunidade de reunir 13 diferentes histórias e visões de mundo, deixando todos mais ricos culturalmente”, destaca Irany.

“Livro, Câmera, Ação!” corresponde à 12ª edição do Fest Show, projeto artístico-pedagógico desenvolvido pelo Colégio Contemporâneo desde os anos 1990. Os ingressos para o espetáculo estão à venda na bilheteria do Teatro Riachuelo.

Mossoró: Prefeitura investe mais de 300 mil reais na Feira do Livro

Feira do Livro de Mossoró, a maior do gênero no RN

A Prefeitura de Mossoró anunciou na última quinta-feira (24) um investimento superior a R$ 300 mil na Feira do Livro do município, que acontece no período de 21 a 24 de setembro. Serão investidos, por meio da Secretaria da Educação do município, R$ 308 mil na forma de cheque-livro.

Metade do valor será de exclusividade do professor que receberá um cheque-livro de R$ 100,00 para aquisição do seu próprio acervo. Os outros 50% serão destinados às escolas e unidades de educação infantil para a aquisição do acervo das bibliotecas.

A Feira do Livro de Mossoró chega agora em 2017 a sua 13ª edição, e é o maior evento do gênero no Rio Grande do Norte. Será realizada nas dependências do Partage Shopping Mossoró. A edição de 2016 aconteceu no enorme espaço da Expocenter, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), atraindo cerca de 50 mil pessoas durante sua realização.

"Recebemos o convite da Superintendência do shopping para a levar a feira como parte da programação dos 10 anos do empreendimento, e além disso, os próprios expositores acharam positiva a experiência de 2013 e agora decidimos voltar a realizar o evento neste local que está nos dando todo apoio", explicou Rilder Medeiros, idealizador da Feira do Livro de Mossoró.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Projeto inovador Cinesolar chega a duas cidades do RN

Cinema de qualidade para o povo com o uso da energia solar
Visitando pela primeira vez o Rio Grande do Norte, o Projeto Cinesolar estará presente nas cidades de João Câmara na quinta-feira (24) e em São Miguel do Gostoso na sexta (25). O projeto é uma iniciativa inovadora brasileira de cinema itinerante que exibe filmes a partir da energia solar. Nas duas cidades a programação tem Oficinas de Cinema para jovens, apresentação de um grupo folclórico da região e exibição de curtas premiados e do longa metragem “O Milagre de Santa Luzia”. A entrada é franca e aberta a todos. Durante as sessões de cinema acontece também a Eco Estúdio Solar - exposição tecnológica sustentável, com apresentação da van Cinesolar Tupã e de todo o projeto.

O Cinesolar utiliza energia limpa e renovável para exibições de filmes, unindo arte, cinema e sustentabilidade. Tudo funciona a partir de uma van equipada com placas solares que possibilitam, através de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição de filmes e apresentações artísticas. No interior do veículo, há 100 assentos para o público, telão com metragem de 200 polegadas, sistema de projeção e som e até um estúdio de gravação. Quando chegam aos locais de exibição tudo é retirado da van e o cinema é montado em lugares como praças públicas e quadras esportivas. Em cada evento do Cinesolar haverá também um pipoqueiro, com distribuição gratuita de pipoca, para que as pessoas possam ter uma experiência completa da ida a uma sessão de cinema.

O projeto é realizado pela Brazucah Produções, Ministério da Cultura e Governo Federal, através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura e tem o Patrocínio da CPFL Energia (Companhia Paulista de Força e Luz), com o apoio da CPFL Renováveis e do programa Raízes. (Veja no release, boxes com a programação em cada cidade.)

As oficinas de cinema acontecem das 14h às 17h, e são voltadas para jovens de escolas do município e região; na sequência a exibição de premiados curtas metragens, das 18h às 18h45; apresentação às 18h45 de um grupo folclórico local e, a partir das 19h, a exibição do longa-metragem “O Milagre de Santa Luzia”, dirigido por Sérgio Roizenblit, uma viagem pelo Brasil que toca sanfona, conduzida por Dominguinhos, principal sanfoneiro vivo do País. A entrada é franca e aberta a todos.

Cynthia Alario, coordenadora do Cinesolar
O projeto Cinesolar integra o Circuito CPFL, projeto do Instituto CPFL, que promove as mais variadas manifestações culturais e artísticas pelo interior do País, sempre com entrada gratuita. Até o final de 2017, o Circuito CPFL passará por 85 cidades em diversos estados do País.

Depois do RN, o projeto segue para as cidades mineiras de Açucena, dia 14 de setembro, e Delfim Moreira, no dia 20 de setembro. Em outubro, segue para cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Oficina Solar

Na oficina solar, evento exclusivamentge voltado para jovens de escolas do município e região, é realizada uma introdução ao audiovisual e ao desenvolvimento de um roteiro de cinema. Durante a oficina os jovens produzem um curta-metragem, que é exibido à noite, junto com os outros filmes da programação. 

Exposição tecnológica sustentável

Durante o evento acontece também a Eco Estúdio Solar - exposição tecnológica sustentável, com apresentação da van Cinesolar Tupã e do projeto. Dentro da van, infográficos e monitores mostram como funciona o carro e são passadas informações sobre os princípios básicos da energia solar (por exemplo: como a energia solar se transforma em energia elétrica). Além disso, são mostrados produtos de sustentabilidade e tecnologias renováveis, com aplicações práticas no dia-a-dia, como um instigante relógio de batatas.

O Cinesolar

Em aitividades desde o 2013, o Cinesolar realizou 449 sessões e 133 oficinas em 245 cidades brasileiras, ultrapassando 70 mil espectadores. A economia de energia elétrica chega a 171 KW, equivalente a mais de três mil horas de uma geladeira ligada. Além de realizar sessões sustentáveis, as temáticas dos filmes trazem a sustentabilidade à tona.

O Cinesolar é a primeira iniciativa de cinema itinerante que funciona através de energia renovável, aliando a difusão cultural e meio ambiente. O projeto conta com os também com os seguintes apoiadores: Surya Brasil, Academia Ecofit, GIZ, Instituto Ideal, Fundação Holandesa Doen, Solar World Cinema, Festival Curta Brasília e da Ecooar (por isso, todas as sessões do Cinesolar têm a compensação de carbono em uma área de reflorestamento no interior de São Paulo). Tem ainda o apoio tecnológico da Sices Solar e o apoio Institucional da Mercedes Benz. Nos eventos, a Brazucah tem a parceria da Associação Cultural Simbora e da Semearte Productil. Nesses eventos, o Cinesolar conta também com o apoio da Prefeitura de cada cidade.

“O Brasil tem um incrível potencial em energias renováveis. E por que não se beneficiar no campo do entretenimento, das artes e da cultura? Nosso objetivo é, além de democratizar o acesso à produção audiovisual nacional, trabalhar com ações sustentáveis que multipliquem a conscientização ambiental e mostrem a força que a energia solar tem por aqui”, diz Cynthia Alario, idealizadora e coordenadora do projeto.

Natal: Biblioteca Américo Costa realiza a 15ª edição do Agosto Cultural

Agosto Cultural movimenta escola e comunidade

O Centro de Estudos e Biblioteca Escolar Professor Américo de Oliveira Costa, no bairro de Santarém, promove desta terça (22) até sexta-feira (25), a 15ª edição do Agosto Cultural. O objetivo é incentivar e difundir a arte e a cultura das escolas situadas na Zona Norte de Natal.

Durante a abertura do evento na tarde desta terça-feira (22), a secretária da Educação do RN, Claudia Santa Rosa, destacou a iniciativa como um importante momento de integração da comunidade escolar local pela via da leitura e da cultura. “Promover a leitura e democratizar o acesso ao livro e a cultura é um dos desafios do Estado, e a biblioteca tem o papel fundamental de templo de conhecimento e precisa de um olhar diferenciado”, disse Claudia Santa Rosa.

No primeiro dia da Mostra ocorreu a performance poética com o diretor da Biblioteca, Márcio Lemos e o estudante Pedro Henrique, da Escola Municipal Adelina Fernandes; danças folclóricas e do ventre; e apresentação musical com Emerson Macedo. Também o lançamento de revistas em quadrinhos da coleção Gibiteca nas Escolas, um projeto idealizado pelos professores Luiz Elson e Dorinha Timóteo.

O evento segue até a sexta-feira (25), com extensa programação nos turnos da manhã e à tarde, com apresentações culturais, recitais de poesia, exibição de curtas de animação, oficinas de fotografia, exposições e feira de artesanato.

Natal: Instituto Unibanco e SEEC reúnem jovens para discutirem sobre aprendizagem e gestão de escolas públicas

Evento reúne alunos da rede estadual
Encontro com estudantes da rede estadual direcionado para a discussão da aprendizagem e da gestão escolar tem a participação da secretária da Educação do RN, Cláudia Santa Rosa. O evento, realizado pela SEEC em parceria com o Instituto Unibanco, teve abertura na noite desta terça-feira (22), no auditório do hotel Holiday Inn, em Natal.

O encontro tem o objetivo de promover o diálogo entre estudantes e gestores escolares para estimular a participação dos jovens na gestão de suas escolas, com foco na melhoria da aprendizagem. O evento iniciou com a exibição exclusiva do documentário “Nunca me sonharam”. O filme traça um panorama do Ensino Médio nas escolas da rede pública do Brasil sob diferentes pontos de vista, mas principalmente a partir dos estudantes. O documentário foi produzido pela Maria Farinha Filmes e dirigido por Cacau Rhoden, tendo sido filmado em mais de dez estados do Brasil.

A secretária de Educação, professora Claudia Santa Rosa, destacou na oportunidade a efetiva presença dos estudantes e o empenho do Unibanco na construção dessa proposta inovadora.

Os participantes do evento fazem parte das 143 escolas de Ensino Médio do estado que integram o programa Jovem de Futuro, desenvolvido pelo Instituto Unibanco em parceria com a SEEC, com o intuito de melhorar o desempenho da educação no Rio Grande do Norte por meio do aprimoramento contínuo da gestão escolar.

O encontro segue durante toda a quarta-feira (23) priorizando o diálogo aberto dos participantes sobre os principais desafios e fatores que dificultam a aprendizagem em sala de aula.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Natal: Alunos de escola estadual representam RN na Luta Olímpica nos Jogos Escolares Brasileiros

Técnico Fernando Antonio e medalhistas da Luta Olímpica
Escola Estadual Isabel Gondim, localizada no bairro das Rocas, em Natal, tem atletas classificados para a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, que será realizado no mês de setembro, em Curitiba.

Jaine Gabrielly, Iury Honório e Amanda Pereira, todos com 14 anos, são atletas de Luta Olímpica na modalidade estilo livre. Em julho, os atletas foram campeões na modalidade nos Jogos da Juventude Escolar do Rio Grande do Norte (Juverns), realizado em Macaíba.

Os atletas entraram no esporte à convite de amigos que já praticavam a luta na escola. Hoje com uma rotina diária de estudos e treinos de 1h30 durante três dias na semana, os atletas já observam mudanças em sua vida, como o desempenho no colégio por causa da disciplina exercida no esporte.

Para Amanda Pereira, a menina tímida que quase não falava quando iniciou os treinos, são muitas as expectativas para o certame nacional em Curitiba. “Eu assisto vídeos de luta quase todo dia e espero muita coisa da competição”, disse Amanda.

Iury Honório é o mais antigo, já pratica o esporte há três anos e tem total apoio de sua família. Jaine Gabrielly está no esporte há um ano mas já tem sonhos para o futuro no esporte.

O técnico Fernando Antonio, que desde 2012 desenvolve trabalho voltado para a Luta Olímpica em escolas da rede estadual, explica que o Juverns é um celeiro de talentos, uma oportunidade ímpar para os atletas. São essas competições, de alto rendimento, que levam os atletas a se aperfeiçoarem na modalidade construindo uma nova etapa de vida.

Os Juverns, etapa estadual dos Jogos Escolares da Juventude, são realizados pela Secretaria do Esporte e do Lazer do RN.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Jorge Ivan Barbosa, o jornalista educomunicador

Jorge Ivan Barbosa
Incansável descobridor de pautas positivas sobre a escola pública, Jorge Ivan Barbosa pautou sua carreira profissional pela real opção de divulgar a Educação com nítidas marcas populares.

Um dos poucos profissionais do Rio Grande do Norte que figura e é reconhecido como educomunicador, título dado a jornalistas especializados em coberturas educacionais e que se engajam em defesa do ensino público. No trabalho, mostrava apego verdadeiro pela pasta da Educação do Estado e se portava sempre com generosidade para com as pessoas, independente de posições hierárquicas ou sociais.

Como servidor público, com quase 30 anos de atividades profissionais, Jorge Ivan fez opção preferencial pela produção de matérias que procedessem verdadeiramente do chão da escola. Vibrava quando encontrava ações relevantes que enalteciam professores e estudantes na Escola Pública. Nessa trajetória de competência e de seriedade, produziu centenas de textos mostrando que a Escola Pública tem valor e é, como nenhuma outra, estimuladora do talento genuíno. Matérias que repercutiram em todo o Estado, em jornais, rádios, televisão, sites. É um dos criadores do blog “Anote RN”, principal veículo de divulgação direta na internet dos fatos que ocorrem no segmento da Educação Pública no Estado.

Abecedista convicto, Jorge Ivan estava emplacando mais um sucesso profissional, desta feita em defesa do futebol do Rio Grande do Norte: o blog Clássico Rei, vinculado ao Portal Foco Nordeste. Criado a menos de dois meses, o blog Clássico Rei desponta como um dos líderes de acesso em seu segmento no Estado e isso tem muito a ver com o empenho do experiente profissional e profundo conhecedor de futebol que sempre foi Jorge Ivan Barbosa. No blog Clássico Rei, Jorge Ivan tem como parceiro o jornalista Tadeu Oliveira.

Jorge Ivan Barbosa, aos 62 anos de idade, faleceu na madrugada dessa quinta-feira (16), de infarto. Era casado e pai de um filho.

Jerns 2017 tem regionais em Umarizal e Apodi

Abertura Jerns 2017 em Apodi
Por Thalita Freitas

Os Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (Jerns), considerado o maior do gênero no país, faz abertura da sua 47ª edição com as regionais sediadas nas cidades de Umarizal e Apodi, no médio oeste do Estado.

As solenidades de abertura dos jogos ocorreram na última sexta (11) no ginásio municipal de Umarizal, e na terça-feira (15) no ginásio de esportes de Apodi, mobilizando centenas de alunos/atletas.

As competições acontecem nas categorias mirim (10 a 12 anos), infantil (13 a 15 anos) e juvenil (16 a 18 anos). Este ano as modalidades disputadas são badmington, futsal, futebol de areia e society, handebol de quadra e de areia, volei de areia e quadra, tênis de mesa, judô, caráter, xadrez, ciclismo, basquete, jiu-jitsu, luta olímpica e atletismo.

Os campeões em cada modalidade por categoria e naipe, se classificam para a fase final dos Jerns que será disputada em Natal, no período de 20 a 31 de outubro.

Os jogos estão sendo realizados nas regionais de Umarizal, Pau dos Ferros, Apodi, Caicó, Assu, São Paulo do Potengi, Nova Cruz, Mossoró, Santa Cruz, Currais Novos e Macau. Foram inscritos um total de 20.651 atletas de 635 escolas de todo RN entre estaduais, municipais, particulares e federais.

Os Jerns são uma realização da Coordenadoria de Desportos da Secretaria da Educação do RN.

domingo, 13 de agosto de 2017

Secretários de Macaíba e Natal articulam um fórum de gestores municipais de Educação da Região Metropolitana

Justina Iva e Domingos Sávio: articulação de fórum
Secretários de Educação de Natal e de Macaíba articulam a criação de um fórum de secretários da Região Metropolitana. A ideia é tratar em conjunto os desafios e necessidades das pastas de Educação de toda a Região Metropolitana tendo em vista a real situação de cortes de verbas no plano federal e a crescente demanda pelo ensino de crianças e jovens na área que mais cresce e de maior população no Rio Grande do Norte.

Os entendimentos entre Domingos Sávio de Oliveira, secretário de Educação de Macaíba, e Justina Iva, secretária de Educação de Natal, começaram por ocasião do 16º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, realizado de 08 a 11 deste mês na cidade de Fortaleza, no Ceará. O evento reuniu mais de 2 mil secretários municipais de todas as regiões do país. Na pauta, os desafios que surgem para o cumprimento do Plano Nacional de Educação como elemento importante na garantia do direito à educação de todos e de cada um.

Desafios que aumentam com os mais de 40 vetos do governo federal na versão sancionada na quarta-feira (09) da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018. A LDO orienta como serão realizados os gastos públicos no próximo ano. O Plano Nacional de Educação (PNE), por sua vez, é uma lei que disciplina quais são as metas que devem ser alcançadas pelas esferas federal, estadual e municipal.

“Levantamento realizado por entidades do setor apontam que apenas 20% dos objetivos previstos para até 2017 foram cumpridos dentro do PNE. Para enfrentar esse grande desafio nacional e outros que são comuns a tantos municípios brasileiros Justina e eu dialogamos sobre a constituição de um fórum de secretários da região metropolitana para debatermos ações conjuntas que possam ser construídas visando a melhoria da educação pública municipal na região metropolitana”, informou Domingos Sávio.

Estudante da UFRN ganha prêmio em evento de computação da Saúde em São Paulo

Trabalho tem reconhecimento em grande
evento de informática médica
Estudante de bacharelado em Tecnologia da Informação do Instituto Metrópole Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Vitor de Godeiro Marques, ganha prêmio de melhor trabalho em andamento no 17º Workshop de Informática Médica ocorrido em São Paulo (SP) no mês de julho. O evento aconteceu em paralelo ao 37º Congresso da Sociedade Brasileira da Computação e reuiniu pesquisadores , estudantes, professores e profissionais interessados na computação na área da Saúde.

O trabalho “Segmentação Semi-Automática de Úlceras para Terapia Larval”, estudo sobre um algoritmo de segmentação semiautomática de imagens de úlceras para auxiliar a Terapia Larval, desenvolve a ideia de a partir de fotos da úlcera tiradas de um smartphone, o software realize a aferição da área de necrose e indique quantas larvas e quantas aplicações devem ser realizadas para cada paciente.

A premiação é um feito considerável para o aluno de graduação, principalmente por se tratar de um trabalho que envolve três áreas distintas de pesquisa: computação, saúde e biologia. O trabalho de Vitor Marques foi desenvolvido em um projeto interdisciplinar envolvendo os docentes Bruno Santana (IMD), Bruno Motta (DIMAP), Renata Gama (CB) e a enfermeira Julianny Ferraz (HUOL).

A terapia larval consiste na utilização intencional de formas imaturas de moscas desinfectadas, criadas em laboratório para a limpeza e remoção de tecidos desvitalizados em feridas com difícil cicatrização, tais como úlceras de pé diabético, úlceras pós-cirúrgicas infectadas, úlceras de decúbito, úlceras por estase venosa e em queimaduras. Essa terapia, pioneira no Brasil, já vem sendo utilizada no tratamento de pacientes do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) desde 2011. Agora essa iniciativa recebe um reforço da computação.

Atualmente, milhares de pacientes com úlceras de difícil cicatrização vêm sendo tratados com terapia larval nos Estados Unidos, Austrália, Israel e vários países da Europa.

domingo, 6 de agosto de 2017

Natal: LBV faz evento em homenagem ao Dia do Escritor

Escritores e poetas no evento da LBV
Encontro literário promovido pela Legião da Boa Vontade (LBV) reune em Natal escritores, poetas e jornalistas com crianças que participam do programa de educação inclusiva da instituição em comemoração ao Dia Nacional do Escritor, comemorado na data de 25 de julho. O evento ocorreu nas dependências da LBV, em Natal, no bairro de Dix-Sept Rosado.

Os profissionais e intelectuais participaram de um bate papo sobre o ato de escrever, falaram sobre motivação, contaram histórias e recitaram poesias, para os meninos e meninas do programa da instituição. Na oportunidade, os garotos da LBV homenagearam os escritores presentes com apresentações culturais e artísticas preparadas por elas próprias.

No encontro, a jornalista Hilneth Correia falou de sua experiência no colunismo social, retratando a vida e a história da cidade. “Tive a honra em compartilhar sobre a minha trajetória, ver o interesse delas (crianças) em querer saber como iniciei, se é difícil escrever um livro, é fantástico. Estou encantada com o trabalho desenvolvido pela instituição. As pessoas precisam conhecer o trabalho da LBV, quantas crianças vocês estão tirando do risco, da vulnerabilidade, dessa vida de rua. Vocês dão a elas, dignidade, meus parabéns”, declarou a jornalista e poeta.

O escritor e membro da Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do RN e da União Brasileira dos Escritores - UBE, Aluízio Matias dos Santos, também esteve presente ao encontro com as crianças da LBV. “A arte, a poesia, a literatura, é uma forma de educação, é uma forma de interagir com as crianças, ao passar mensagens de novos caminhos e sonhos. O escritor traz histórias, sonhos, emoções, e acima de tudo, educação e cidadania. Estou impressionado, com a interatividade das crianças nas perguntas, é uma demonstração de aprendizado. Essa troca de experiência é o que elas irão levar para o futuro, e vai fazer parte de sua vida educacional”, afirmou.

O diretor da Revista Foco Nordeste, o escritor e jornalista Marcus César Cavalcanti de Morais, ressaltou a importância da Instituição em promover encontros das crianças e adolescentes com personalidades de áreas diversas da sociedade. “Parabenizo a LBV por essa iniciativa, a lembrança de homenagear a data do escritor, daqueles que se preocupam em registrar, transmitir os seus pensamentos e deixar esse conhecimento para a posteridade”.

Marcus comentou ainda, sobre a troca de experiências para as futuras gerações no encontro ocorrido pelo Dia Nacional do Escritor. “Reforço a relevância da homenagem, por transmitir às crianças, assistidas pela LBV, o conceito de escrever, o desejo e a vontade da prática da escrita e leitura. Deixo uma mensagem de otimismo, em se registrar tantas coisas positivas que existe em nossas vidas, em nosso país, estado e sociedade. É preciso fortalecer a família, para uma melhor qualidade de vida, e assim termos um país cada vez melhor e a LBV faz muito bem tudo isso. Parabéns”, enfatizou o jornalista.

A menina Vitória Rayssa, 11 anos, beneficiada pelo programa Criança – Futuro no Presente! mantido pela LBV, integrante da Oficina de Ballet, falou do aprendizado adquirido no encontro literário. “Adorei, conheci escritores de nossa terra que compartilharam sua trajetória de vida e reforçaram a importância da leitura e escrita em nossa vida. Aqui na LBV aprendemos a buscar nossos sonhos, como também estudar e a ter um futuro melhor”, disse Vitória Rayssa.

O encontro dos escritores com as crianças e adolescentes da LBV, aconteceu no Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição, localizado à Rua dos Caicos, 2148 – Dix-Sept Rosado. Informações: (84) 3613-1655.

Dia Nacional do Escritor

Em 1960, por decreto governamental, o 25 de julho foi instituído como o Dia Nacional do Escritor. A iniciativa deveu-se ao sucesso do 1º Festival do Escritor Brasileiro, organizado pela União Brasileira de Escritores (UBE), por iniciativa do presidente da entidade, João Peregrino Júnior e seu vice-presidente, o célebre escritor baiano Jorge Amado.

sábado, 5 de agosto de 2017

Natal: Ceres UFRN promove 3ª Jornada Internacional de Alfabetização

Livro organizado por
Marly Amarilha
A 3ª Jornada Internacional de alfabetização, promovida pelo Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), instituição da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, acontece nesta segunda (07) e terça-feira (08), no Campus da UFRN, em Natal.

Dentro da programação ocorre a palestra da professora Marly Amarilha, na segunda-feira (07), às 14h, no auditório da Reitoria, abordando o tema: "Literatura no contexto acadêmico e escolar: a partilha do sensível". A palestra procura discutir a formação necessária para o professor atuar no ensino fundamental, dentro de uma reflexão baseada em pesquisas desenvolvidas pelo grupo Ensino e Linguagem (GPEL), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRN.

"Temos observado que a literatura motiva, consolida e amplia a experiência de ser leitor, daí sua importância em todo o processo educativo", ressalta a professora Marly Amarilha.

Na mesma segunda (07), às 17h30, dentro da programação do evento, será lançado no Centro de Convivência da UFRN, o livro "Educação e Leitura: desafios e criatividade", que tem participação e organização da professora Marly Amarilha.

A 3ª Jornada Internacional de Alfabetização tem a coordenação da professora Angela Naschold.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Macaíba ganha nova creche com capacidade para atender a mais de 250 crianças

Creche com capacidade para mais de 250 crianças
O distrito de Canabrava, zona rural do município de Macaíba, ganhou uma nova creche com capacidade para atender a mais de 250 crianças com idades entre dois e cinco anos. A Creche Damiana França Rodrigues, inaugurada na segunda-feira (31) pelo prefeito Fernando Cunha, beneficia Canabrava a as comunidades e assentamentos próximos.

A nova creche, construída com recursos próprios do município, conta com cinco salas, pátio, berçário e brinquedoteca, e funcionará nos períodos matutino e vespertino. É a segunda creche de porte inaugurada em Macaíba nos últimos três anos. Em 2015, foi entregue a população a creche modelo do Conjunto Monte Líbano.

A inauguração contou com as presenças do vice-prefeito Auri Simplício, do secretário municipal de Educação, Domingos Sávio de Oliveira,do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Luiz Gonzaga Soares, e do presidente da Câmara Municipal, vereador Gelson Lima.

sábado, 29 de julho de 2017

Marco histórico: Educação de Macaíba prepara seu sistema próprio de avaliação

Secretário Domingos Sávio participa da reunião
Educação de Macaíba avança para o estabelecimento de um sistema próprio de avaliação, o que representa um marco histórico para o ensino do município. Até agora o sistema de avaliação é o da rede estadual. A construção do sistema de avaliação está sendo feita de forma aberta com a participação da equipe de técnicos da Secretaria Municipal de Educação, gestores e coordenadores pedagógicos, e professores.

Na quinta-feira (27), em ampla reunião realizada no auditório da Biblioteca Abel Coelho, gestores, equipe técnica da Secretaria da Educação de Macaíba, coordenadores pedagógicos e professores, discutiram a portaria que irá efetivar o Sistema de Avaliação do município. As principais propostas do sistema próprio macaibense foram bem recebidas pela comunidade escolar.

"O importante é que estamos construindo em conjunto um importante instrumento para fortalecer a escola pública e a educação macaibense", destaca o secretário municipal da Educação, professor Domingos Sávio de Oliveira.

O secretário também ressalta o apoio que o prefeito Fernando Cunha tem dado para que o sistema de ensino de Macaíba avance mais ainda. "O prefeito Fernando Cunha tem respaldado, desde o primeiro momento, o trabalho que vem sendo desenvolvido para fortalecer a Educação do município", completou Domingos.

O sistema próprio de avaliação representa o fortalecimento para a Educação do município e garante a autonomia necessária para o desenvolvimento de práticas que visem à eficiência na melhoria da qualidade do ensino/aprendizagem, beneficiando diretamente ao estudante. O sistema possibilita um maior esforço no acompanhamento da alfabetização no primeiro ciclo do ensino fundamental (1º ao 3º ano) e a busca por uma ação que vise o melhor desempenho do aluno nos dois últimos anos (8º e 9º anos).

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Estudantes da rede estadual visitam o projeto Conexão Estação Natureza

Estudantes têm acesso virtual a fauna e a flora
Por Thalita Freitas

750 estudantes do ensino fundamental da rede pública estadual participam durante toda a semana, de 24 a 28, da exposição “Conexão Estação Natureza” promovida pelo grupo Boticário que acontece na praça de eventos do Partage Shopping, na Zona Norte, em Natal.

A exposição proporciona aos visitantes o contato com a fauna e a flora por meio de um ambiente tecnológico de interação e recursos sensoriais. Um dos locais da visitação é o cinema sensorial com 360º de projeção, que leva os visitantes a sentirem as sensações de frio, calor e o aroma da mata. Os visitantes mantém contato com bicicletas ecológicas que, além de transportar, servem também de carregador de celular usando energia limpa. A exposição também oferece a oportunidade de se conhecer os 7 biomas brasileiros, e jogos interativos que são aproveitados em dupla.

Para a professora Maria das Graças, da Escola Estadual Eurípedes Barsanulfo, a visita sensibiliza os estudantes que participam porque a partir da visualização e interação com o ambiente, promovida pelos recursos tecnológicos, eles aprendem não só o conteúdo observado em sala de aula, mas também descobre outras possibilidades de atuação.

“Achei muito legal na hora que choveu dentro do cinema. Preservar a natureza é muito importante”, disse a estudante Liandra da Silva (11), da Escola Eurípedes Barsanulfo.

O projeto Conexão Estação Natureza permanece no Partage Norte Shopping até o dia 06 de agosto, no horário de 10h às 22h, com entrada gratuita. A exposição é destinada a todos os públicos.

Instituição

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é uma organização sem fins lucrativos criada em 1990, com o objetivo de promover ações de conservação da natureza. Com atuação nacional, a instituição já apoiou cerca de 1.400 iniciativas em prol da conservação da natureza em todo o Brasil. A Fundação também mantém duas reservas naturais, na Mata Atlântica e no Cerrado, os dois biomas mais ameaçados do Brasil, protegendo mais de 11 mil hectares de áreas nativas.

terça-feira, 25 de julho de 2017

Macaíba: A união de várias oficinas culturais com as disciplinas formais avança para a Educação Integral

Estudantes participam de oficina de música
Educação Integral dentro de uma concepção ampla que oferece uma variedade de possibilidades para que o aluno desfrute do ambiente escolar e adquira conhecimentos. Nesta visão, a estrutura da rede municipal de ensino de Macaíba vem colocando à disposição de seu aluno diversos programas para a realização de uma Educação que caminhe realmente para ser integral. Estão em atividades os programas de oficinas: Teatro na Escola; Dança na Escola; Música na Escola; Desenho na Escola.

A oferta de programas que ultrapassem a sala de aula e estabeleça uma interação com os aspectos artísticos culturais alcançam o duplo objetivo de fazer com que o aluno esteja mais tempo na Escola e de tornar o processo educacional bem mais atraente.

Oficina de danças entusiasma estudantes
A finalidade dos programas que estão sendo oferecidos é fazer com que o aluno tenha uma Educação que congregue os aspectos da Cultura humanista ao conteúdo das disciplinas formais e às artes. Para a gestão da Educação Pública de Macaíba, o importante não é apenas que o aluno passe mais tempo na escola, para que com isso venha a se considerar que ele tem um ensino integral. “O importante não é só o aspecto de tempo, mas uma educação que tenha a concepção de integralidade, que incorpore os vários aspectos da sociedade humana, da cultura e das ciências”, observa o secretário da Educação de Macaíba, o professor Domingos Sávio de Oliveira.

Macaíba: Gestão da Educação visita e dialoga com escolas municipais

Gestores observam "in loco" realidade educacional
Estabelecendo como rotina da administração municipal, o prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, e o secretário da Educação, professor Domingos Sávio, fazem visitas a mais unidades de ensino infantil na segunda-feira (24).

Desta feita, foram visitados os centros municipais de ensino infantil "Luís da Câmara Cascudo" e "Pedro Gomes". Com as visitas, os gestores têm a oportunidade de conhecerem, in loco, como estão sendo desenvolvidas as atividades e a própria realidade das instituições de ensino da municipalidade voltadas para a educação infantil.

O secretário Domingos Sávio de Oliveira avaliou as visitas e a manutenção permanente do diálogo com os educadores: “Nas visitas temos a oportunidade de conversar com os professores, dialogando com as escolas sobre os desafios do ensino”. Informou também que visitas as unidades da Rede Municipal de Ensino continuarão sendo realizadas.

IFRN é o grande vencedor da etapa Nordeste dos Jogos dos Institutos Federais 2017

IFRN conquistou 84 medalhas e 18 troféus
Matéria do site Mosaico, vinculado ao portal Foco Nordeste

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) sagrou-se o grande campeão das disputas nos Jogos dos Institutos Federais, edição 2017: foram 84 medalhas e 18 troféus, nas modalidades atletismo, basquetebol, futebol, handebol, judô, natação, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia e xadrez. Os vencedores estão classificados para etapa nacional do JIF’s, que acontece no mês de outubro, em Poços de Caldas, Minas Gerais, com organização a cargo do IF Sul.

Os Jogos dos Institutos Federais, em sua etapa Nordeste, foram realizados na cidade de Fortaleza (CE), com seis dias de competições e encerramento no último dia 23. O evento contou com a participação de 1.150 estudantes, concorrendo em 11 modalidades esportivas.

O IFRN revelou campeões em todas as modalidades individuais, enquanto nas modalidades coletivas, obteve excelentes resultados: no vôlei, conquistou o ouro em tudo (quadra e praia; masculino e feminino). Por sua vez, emoção não faltou: numa partida super acirrada, o futebol do IFRN conquistou o título de campeão ao vencer, nos pênaltis, o IFAL (Instituto Federal de Alagoas).

Para o reitor do IFRN Wyllys Farkatt Tabosa, “O objetivo é oportunizar a melhor formação possível para nossos estudantes, por isso priorizou-se as ações voltadas diretamnte a eles. Levar uma delegação com quase 200 atletas para o JIF’S, no Ceará, foi uma ação planejada da nossa Diretoria de Atividades Estudantis (Digae). Receber a notícia desses resultados é esplêndido”.

Os jogos dos Institutos Federais (JIF’s) são promovidos pelo Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Tecnológica e dos Institutos.

sábado, 22 de julho de 2017

Macaíba: Programa Justiça e Escola debate valores éticos com educadores

Evento mobiliza profissionais da Educação
Com um resultado positivo, o programa Justiça e Escola teve mais ume edição encerrada em cerimônia realizada na tarde desta sexta (21) na Escola Municipal Francisco Genival, no Vilar, com a participação de autoridades do executivo e do judiciárias.

O programa Justiça e Escola capacita os profissionais de educação para que eles possam transmitir em sua prática cotidiana os valores éticos que compõem os chamados seis pilares do caráter: sinceridade, respeito, responsabilidade, senso de justiça, zelo e cidadania. Ou seja, os educadores passarão a ser multiplicadores desses valores para os seus alunos. Cada pilar é abordado em uma sala específica, onde os profissionais compartilham suas experiências e recebem orientações de um monitor do Tribunal de Justiça.

Cerca de 130 profissionais da rede municipal de Educação (gestores, coordenadores pedagógicos e professores) participaram desta edição do programa.

O evento teve as presenças do prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, e do secretário de educação do município, professor Domingos Sávio; da desembargadora e chefe da Corregedoria Geral de Justiça do RN, Maria Zeneide Bezerra; do juiz Felipe Barros, diretor do Fórum Tavares de Lyra, em Macaíba; da juíza corregedora Fátima Soares; do coronel Alarico José, chefe de segurança da Corregedoria; e do tenente-coronel Marlon de Góis Bay, comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Macaíba.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Educação de Macaíba participa de debate sobre políticas para o ensino público

Domingos Sávio ao lado de dirigentes da Undime
Debatendo políticas públicas voltadas para o ensino público, o professor Domingo Sávio de Oliveira, secretário municipal de Educação de Macaíba, participou do II Seminário da União dos Dirigentes Municipais de Educação do RN (Undime), realizado nos últimos dias 18 e 19 de julho na cidade de Natal.

Na oportunidade, Domingos Sávio discutiu programas e parcerias visando uma educação de qualidade. Na avaliação do professor Domingos foi possível avançar em proposições junto aos técnicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) presentes ao evento. Ele avalia que houve o acolhimento de orientações referentes ao Plano de Ações Articuladas (PAR), prestação de Contas, novo Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic), ações e diretrizes gerais, além dos parâmetros centrais para à realização das Conferências Municipais de Educação.

O professor Domingos Sávio considerou o seminário  importante para as ações de efetivação das metas da Educação no município de Macaíba: “Em momentos como esse, a atual gestão reafirma o compromisso com a continuidade das ações e metas previstas no Plano Municipal de Educação (PME), prezando pela transparência na execução das políticas públicas, elevando assim, indicadores educacionais, sociais e possibilitando uma melhor qualidade de vida para todos”.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Fundação Telefônica e Educação do RN têm parceria no projeto Inova Escola

Inova Escola capacita professores no RN
O projeto Inova Escola, feito pela parceria da Secretaria da Educação do RN com a Fundação Telefônica Vivo, está realizando formação continuada para educadores e gestores em todas as regiões do Estado. Nesta segunda-feira (26) e na terça (27) acontece a Formação Continuada no módulo introdutório para gestores e educadores de escolas jurisdicionadas a 2ª Diretoria Regional de Educação e Cultura (2ª Direc), compreendendo municípios da Região Metropolitana e do Agreste. A Formação ocorre no auditório da Escola Estadual Presidente Roosevelt, em Parnamirim. Os participantes do evento estão sendo capacitados para atuarem como multiplicadores em suas escolas.

O projeto Inova Escola é uma iniciativa que visa promover formação de educadores, de forma on-line e presencial, e plataformas de melhorias na gestão escolar. O projeto leva aos municípios conteúdos sobre novas formas de aprendizagem e uso de recursos tecnológicos como aliados nesse processo.

O Inova Escola trabalha seis eixos dentro da perspectiva de estimular o desenvolvimento de projetos e práticas de inovação educativa no ambiente escolar com reflexos na sociedade: personalização; projeto de vida; papel do professor; recursos tecnológicos; espaços diferenciados; e gestão inovadora. “A receptividade está sendo muito boa e temos observado a grande participação de educadores de todas as regiões. Os professores são ávidos para aprender e mesmo estando em período de recesso, participam da formação mostrando comprometimento com a Educação”, afirma o professor João Maria de Lima, coordenador da formação.

“O projeto está utilizando uma metodologia interessante que motiva o pessoal a interagir. As escolas estão precisando muito de motivação. Esses momentos de formação são ricos e contribuem também para animar os educadores”, afirma a pedagoga Edjane Pinheiro, participante da formação na Escola Estadual Presidente Roosevelt.

No total, 199 escolas do Estado serão contempladas pelo Inova Escola. Entre elas, escolas de ensino fundamental – incluindo as que têm ensino em tempo integral -, ensino médio e algumas com Educação de Jovens e Adultos (EJA). De acordo com a coordenadora dos Órgãos Regionais de Educação, Rosângela de Oliveira, o Inova Escola está formando 920 pessoas, entre gestores, coordenadores pedagógicos, professores e funcionários do Conselho Escolar.

DIRECS

A formação promovida pela SEEC em parceria com a Telefônica Vivo já chegou a escolas de 11 Direcs reunindo educadores de várias regiões do Estado nos municípios de Umarizal, Pau dos Ferros, Apodi, Mossoró, Assu, Caicó, Currais Novos, Natal e Parnamirim. As atividades nas demais Direcs acontecerão a partir do dia 11 de julho, ao término do recesso escolar. A parceria também é destinada às escolas da rede municipal de ensino. O processo nos municípios está em fase de inscrições e deve ser iniciada no próximo semestre.

METODOLOGIA
Os conteúdos são desenvolvidos a partir de uma estrutura de oficinas presenciais que permitem aos participantes a compreensão dos temas como repensar o papel do professor; gestão inovadora, tendo em vista que os profissionais da escola não são os únicos responsáveis pela aprendizagem dos jovens.

Outro tema abordado pelo Inova Escola é a personalização, levando em consideração que cada estudante é único e merece a chance de traçar o próprio caminho de aprendizagem. Os espaços diferenciados também são abordados nessas oficinas, tendo em vista que sala de aula não precisa estar organizada ao redor do professor, mas ser repensada de forma a facilitar a aprendizagem.

O projeto de vida de cada aluno também é tema fundamental na formação dos educadores. De acordo com os organizadores do projeto, o estudante deve ter espaço e apoio para dedicar-se aos seus interesses e objetivos de vida. A tecnologia já é parte da realidade dos alunos. Dessa forma, o Inova Escola tem o papel de trazê-la como aliada e ferramenta para a aprendizagem.

sábado, 24 de junho de 2017

Gestores da Educação discutem em São Paulo as reformas no Ensino Médio

Secretária Cláudia Santa Rosa fala no Seminário 
A reforma do ensino médio e sua implementação foram temas centrais da discussão realizada pelo Instituto Unibanco nos últimos dias 21 e 22 deste mês em São Paulo (SP). O Seminário Internacional Desafios Curriculares do Ensino Médio: implementação e flexibilização levou representantes de instituições públicas, iniciativa privada, Sistema S, organizações internacionais e jovens a discutir qual é o caminho para o novo ensino médio proposto pelo Ministério da Educação e como ele deverá se comportar diante a educação profissional.

“Tenho a percepção de que temos um enorme atraso na educação, mas também um grau de preocupação crescente sobre o estado do nosso Ensino Médio”, observou o vice-presidente do Conselho de Administração do Instituto Unibanco e ex-ministro da Fazenda, Pedro Malan, na abertura do encontro. “É mais que oportuna à discussão sobre os desafios curriculares”, disse.

Durante os dois dias de discussão, o seminário fez um longo panorama sobre como as redes estaduais estão se preparando para a reestruturação do Ensino Médio, as experiências internacionais de reorganização dessa etapa e qual o papel da educação técnica e profissional dentro da nova proposta.

Pelo RN, a secretária estadual de Educação, professora Cláudia Santa Rosa, destacou, durante sua participação no seminário, que as mudanças propostas para o Ensino Médio deverão ocorrer de forma plural: “A reestruturação dessa modalidade de ensino demanda capacidade dos gestores das regionais e das escolas dominarem o debate pedagógico e administrar os desafios de gerir a equipe e o currículo”, destacou a secretária.

A questão da formação inicial e continuada de professores foi apontada como um dos principais desafios para flexibilização, pois prevê a organização curricular por áreas do conhecimento e demanda, assim, que os docentes sejam preparados para uma nova forma de ensinar. “Não consigo pensar em reestruturação de currículo sem pensar na formação continuada”, afirmou o professor Bruno Barreto, da rede pública do Rio de Janeiro (RJ).