Pular para o conteúdo principal

Fundação Telefônica e Educação do RN têm parceria no projeto Inova Escola

Inova Escola capacita professores no RN
O projeto Inova Escola, feito pela parceria da Secretaria da Educação do RN com a Fundação Telefônica Vivo, está realizando formação continuada para educadores e gestores em todas as regiões do Estado. Nesta segunda-feira (26) e na terça (27) acontece a Formação Continuada no módulo introdutório para gestores e educadores de escolas jurisdicionadas a 2ª Diretoria Regional de Educação e Cultura (2ª Direc), compreendendo municípios da Região Metropolitana e do Agreste. A Formação ocorre no auditório da Escola Estadual Presidente Roosevelt, em Parnamirim. Os participantes do evento estão sendo capacitados para atuarem como multiplicadores em suas escolas.

O projeto Inova Escola é uma iniciativa que visa promover formação de educadores, de forma on-line e presencial, e plataformas de melhorias na gestão escolar. O projeto leva aos municípios conteúdos sobre novas formas de aprendizagem e uso de recursos tecnológicos como aliados nesse processo.

O Inova Escola trabalha seis eixos dentro da perspectiva de estimular o desenvolvimento de projetos e práticas de inovação educativa no ambiente escolar com reflexos na sociedade: personalização; projeto de vida; papel do professor; recursos tecnológicos; espaços diferenciados; e gestão inovadora. “A receptividade está sendo muito boa e temos observado a grande participação de educadores de todas as regiões. Os professores são ávidos para aprender e mesmo estando em período de recesso, participam da formação mostrando comprometimento com a Educação”, afirma o professor João Maria de Lima, coordenador da formação.

“O projeto está utilizando uma metodologia interessante que motiva o pessoal a interagir. As escolas estão precisando muito de motivação. Esses momentos de formação são ricos e contribuem também para animar os educadores”, afirma a pedagoga Edjane Pinheiro, participante da formação na Escola Estadual Presidente Roosevelt.

No total, 199 escolas do Estado serão contempladas pelo Inova Escola. Entre elas, escolas de ensino fundamental – incluindo as que têm ensino em tempo integral -, ensino médio e algumas com Educação de Jovens e Adultos (EJA). De acordo com a coordenadora dos Órgãos Regionais de Educação, Rosângela de Oliveira, o Inova Escola está formando 920 pessoas, entre gestores, coordenadores pedagógicos, professores e funcionários do Conselho Escolar.

DIRECS

A formação promovida pela SEEC em parceria com a Telefônica Vivo já chegou a escolas de 11 Direcs reunindo educadores de várias regiões do Estado nos municípios de Umarizal, Pau dos Ferros, Apodi, Mossoró, Assu, Caicó, Currais Novos, Natal e Parnamirim. As atividades nas demais Direcs acontecerão a partir do dia 11 de julho, ao término do recesso escolar. A parceria também é destinada às escolas da rede municipal de ensino. O processo nos municípios está em fase de inscrições e deve ser iniciada no próximo semestre.

METODOLOGIA
Os conteúdos são desenvolvidos a partir de uma estrutura de oficinas presenciais que permitem aos participantes a compreensão dos temas como repensar o papel do professor; gestão inovadora, tendo em vista que os profissionais da escola não são os únicos responsáveis pela aprendizagem dos jovens.

Outro tema abordado pelo Inova Escola é a personalização, levando em consideração que cada estudante é único e merece a chance de traçar o próprio caminho de aprendizagem. Os espaços diferenciados também são abordados nessas oficinas, tendo em vista que sala de aula não precisa estar organizada ao redor do professor, mas ser repensada de forma a facilitar a aprendizagem.

O projeto de vida de cada aluno também é tema fundamental na formação dos educadores. De acordo com os organizadores do projeto, o estudante deve ter espaço e apoio para dedicar-se aos seus interesses e objetivos de vida. A tecnologia já é parte da realidade dos alunos. Dessa forma, o Inova Escola tem o papel de trazê-la como aliada e ferramenta para a aprendizagem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

UFRN: Professora Selma Jerônimo recebe prêmio da Universidade de Iowa nos Estados Unidos

Trabalho de pesquisas desenvolvido pela professora Selma Jerônimo, da  Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na área de saúde pública, foi contemplado com o prêmio internacional Impact Award, concedido pela Universidade de Iowa, dos Estados Unidos. O prêmio é destinado à profissionais ou às instituições que colaboram com a Universidade de Iowa na construção de conhecimentos voltados para programas sociais que melhorem a vida das pessoas. Professora Selma Jerônimo A pesquisadora Selma Jerônimo, diretora do Instituto de Medicina Tropical da UFRN, é parceira da Universidade de Iowa desde o ano de 1996. Ela lembra a importância que está tendo o conhecimento gerado no próprio Instituto, na Escola Maternidade Januário Cicco, no Centro de Biologia da UFRN e no Departamento de Infectologia do Hospital Gizelda Trigueiro, para melhorar a vida das pessoas no Rio Grande do Norte. “A contribuição diária do IMT, MJEC, CB e do Departamento de Infectologia do HGT quebra o cic

Moacir de Lucena: o semeador de escolas

Moacir de Lucena e família em solenidade da UFRN (outubro de 2003) Matéria publicada na edição de novembro da Revista Foco English version Professor, tipógrafo, juiz, advogado, músico, jornaleiro, poeta, normalista, chefe escoteiro, esportista, animador cultural, educador itinerante.  Em sua trajetória de 100 anos de vida pelo Rio Grande do Norte, o oestano filho de Martins, Moacir de Lucena, procurou ser, acima de tudo, um servidor na luta pelo progresso social das pessoas. Desde cedo entendeu que esse progresso social só chegaria pela via da Educação.  Neste campo, de forma inovadora criou um método próprio de alfabetização com resultados concretos junto aos estudantes. Método que depois foi empregado com estardalhaço por Paulo Freire. Mas, Moacir de Lucena chegou antes, sem estardalhaço, sem propaganda, mas com a luminosidade das coisas feitas e da transformação extraordinária do analfabeto em alfabetizado. Entre as tentativas de definir Moacir de Lucena, seu filho L

7º SEL: UFRN prepara grande evento de Educação e Leitura para novembro

Reunião com a reitora sobre o 7º  SEL Matéria atualizada às 12h30 desta quinta-feira (2) Estão adiantados os preparativos para o 7º Seminário Educação e Leitura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), um dos maiores eventos no gênero no país. O 7º Seminário Educação e Leitura (SEL) acontece de 11 a 14 de novembro no Centro de Convenções do Praiamar Natal Hotel, em Ponta Negra, e deverá reunir mais de 1.000 participantes de todas as regiões do Rio Grande do Norte e de várias partes do Brasil. Em reunião ocorrida na manhã desta quinta-feira (2) a reitora da UFRN, Ângela Paiva garantiu total apoio ao evento. Participaram da reunião no gabinete da reitoria, a professora Marly Amarilha, a diretora do Centro de Educação da UFRN, Márcia Gurgel, e a professora Ângela Naschold, da equipe de organização do Seminário. As inscrições estão abertas a partir desta quarta-feira (01) para ouvintes e para apresentação de trabalho ou oferta de minicurso.  Equipe do Se