sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Macaíba investe e é destaque no Xadrez Escolar do RN

Xadrez é modalidade preferida por estudantes
Centro de Cultura de Macaíba sedia entre os dias 28 e 31 deste mês as competições da modalidade de Xadrez da edição 2017dos JERNs (Jogos Escolares do RN). Uma das modalidades que mais atrai o interesse dos jovens em todo o RN, o Xadrez escolar tem avançado significativamente no município de Macaíba, tanto em número de jogadores como no nível competitivo dos atletas.

O crescimento da modalidade em Macaíba tem ligação com a implantação do projeto “Xadrez na Escola” na atual gestão municipal. Neste ano de 2017, o projeto alcançou a marca de 640 estudantes inscritos na disputa por medalhas no Xadrez nas categorias Mirim, Infantil e Juvenil, nos naipes masculino e feminino.

Para as disputas dos Jerns 2017, o projeto Xadrez na Escola, liderado por Diogo Roger, e apoiado pelas secretarias municipais de Educação e de Esportes, conta com 60 atletas devidamente qualificados para representar Macaíba na competição que é a maior do gênero em todo o país.

domingo, 8 de outubro de 2017

Estudante de Tenente Laurentino Cruz representa RN no programa Jovem Senador

Maria Luíza  e Gilvan Lopes, diretor da Escola Padre Sinval
A aluna da 1ª série do ensino médio da Escola Estadual Padre Sinval Laurentino de Medeiros, localizada em Tenente Laurentino Cruz, Maria Luisa Baracho de Souza, 15 anos, vai representar o Rio Grande do Norte no programa Jovem Senador. O resultado foi divulgado no último dia 4 e contou com a participação de 41 mil estudantes potiguares.

O programa é uma realização do Senado Federal, que seleciona anualmente a melhor redação, sobre o tema do ano, produzida por alunos do ensino médio de cada estado brasileiro. Na edição 2017, a 10ª do concurso, teve como tema “Brasil plural: para falar de intolerância”.

Maria Luisa escreveu a redação “Tolerância: um respeito à vida em sociedade”. Para ela o tema é muito relevante dentro do país ondem existem muitas diferenças e lidar com opiniões, atitudes e crenças representam um desafio. “Achei um tema bom de argumentar pelo fato de o Brasil ter a intolerância bem presente apesar de ser um país miscigenado”, disse.

A estudante vai tomar posse como Jovem Senadora em novembro e durante uma semana visita a capital do país, vivenciando o dia a dia do Senado Federal e ao final vai elaborar um projeto lei. “Ainda não sei qual será a lei, mas com certeza será na área da educação”, destacou.

O segundo lugar no RN ficou com o estudante Natan da Silva Barbosa, da Escola Estadual Monsenhor Paiva, localizada em Vera Cruz e a aluna Thalyta Luana Barbosa Segundo alcançou o terceiro lugar, representando o Centro Estadual de Educação Profissional Professora Lurdinha Guerra, localizado em Parnamirim.

Jornada parlamentar

Os jovens senadores estarão em Brasília de 27/11 a 02/12 e a cerimônia de posse ocorrerá no dia 28 de novembro no Plenário do Senado Federal. A legislatura tem início com a posse dos jovens senadores e a eleição da Mesa Jovem e se encerra com a aprovação dos projetos e a consequente publicação no Diário do Senado Federal.

Professor do RN faz palestra sobre Educação Profissional na Universidade do Porto

Otávio Augusto, especialista em Educação Profissional
O professor Otávio Augusto de Araújo Tavares, ex-secretário estadual da educação do RN, ministrou palestra na quinta-feira (12) na Universidade do Porto (FEP), em Portugal, sobre os desafios atuais da Educação Profissional no Brasil. O evento faz parte do Seminário de Economia Social, no âmbito da licenciatura.

O tema da palestra dirigida aos estudantes de Economia Social é "Educação Profissional no Brasil: reflexões e desafios atuais".

“Esta é a segunda vez que trato deste tema em Portugal, a primeira vez foi em 2015”, lembrou o professor Otávio Augusto, doutor em educação com experiência e atuação na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN).

O professor Otávio informou que o convite para a palestra em Portugal, feito através da professora Maria da Conceição Pereira Ramos, da Universidade do Porto, se deve a necessidade de continuar a troca de experiências e o debate que vem sendo realizado entre profissionais de instituições brasileiras e de Portugal, quanto a trabalhos acadêmicos em nível de doutorado e pós-doutorado. No caso do Brasil, por exemplo, as últimas alterações feitas com a Lei n. 13.415/2017 pelo atual governo na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) afetam o ensino médio do país em sua estruturação com cinco itinerários formativos: linguagens e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias e; formação técnico-profissional.

Para o professor Otávio Augusto, isto modifica totalmente a estrutura que vem sendo desenvolvida na perspectiva de uma educação integral, porque os alunos seriam matriculados em apenas uma das áreas. Em Portugal, a educação secundária e educação profissional de nível técnico já vêm sendo desenvolvidas em itinerários formativos diferentes.

Atualizar discussão

Devido as discussões que vêm sendo desenvolvidas no Brasil e os diferentes trabalhos que são construídos por estudantes “fui chamado para atualizar a discussão, após as modificações introduzidas, já que o trabalho apresentado em 2015 na FEP/Porto, não contemplava os desafios postos pela Lei que alterou a LDB”, disse Otávio.

Sobre o diferencial entre Brasil e Portugal com relação a educação profissional, o professor Otávio compara que num paralelo entre os dois países, em Portugal já existe a prática do uso de itinerário formativo profissionalizante e, neste caso, “o peso do currículo é somente com componentes de educação profissional com tempo integral dos estudantes nas escolas”, avalia.