domingo, 8 de outubro de 2017

Estudante de Tenente Laurentino Cruz representa RN no programa Jovem Senador

Maria Luíza  e Gilvan Lopes, diretor da Escola Padre Sinval
A aluna da 1ª série do ensino médio da Escola Estadual Padre Sinval Laurentino de Medeiros, localizada em Tenente Laurentino Cruz, Maria Luisa Baracho de Souza, 15 anos, vai representar o Rio Grande do Norte no programa Jovem Senador. O resultado foi divulgado no último dia 4 e contou com a participação de 41 mil estudantes potiguares.

O programa é uma realização do Senado Federal, que seleciona anualmente a melhor redação, sobre o tema do ano, produzida por alunos do ensino médio de cada estado brasileiro. Na edição 2017, a 10ª do concurso, teve como tema “Brasil plural: para falar de intolerância”.

Maria Luisa escreveu a redação “Tolerância: um respeito à vida em sociedade”. Para ela o tema é muito relevante dentro do país ondem existem muitas diferenças e lidar com opiniões, atitudes e crenças representam um desafio. “Achei um tema bom de argumentar pelo fato de o Brasil ter a intolerância bem presente apesar de ser um país miscigenado”, disse.

A estudante vai tomar posse como Jovem Senadora em novembro e durante uma semana visita a capital do país, vivenciando o dia a dia do Senado Federal e ao final vai elaborar um projeto lei. “Ainda não sei qual será a lei, mas com certeza será na área da educação”, destacou.

O segundo lugar no RN ficou com o estudante Natan da Silva Barbosa, da Escola Estadual Monsenhor Paiva, localizada em Vera Cruz e a aluna Thalyta Luana Barbosa Segundo alcançou o terceiro lugar, representando o Centro Estadual de Educação Profissional Professora Lurdinha Guerra, localizado em Parnamirim.

Jornada parlamentar

Os jovens senadores estarão em Brasília de 27/11 a 02/12 e a cerimônia de posse ocorrerá no dia 28 de novembro no Plenário do Senado Federal. A legislatura tem início com a posse dos jovens senadores e a eleição da Mesa Jovem e se encerra com a aprovação dos projetos e a consequente publicação no Diário do Senado Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário