sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Professora potiguar lança livro em Londres, Inglaterra

Professora Dorinha vai à Londres pela Literatura
Por Aline Braga

Há 33 anos convivendo em ambientes escolares, a professora Maria das Dores da Silva, ou apenas Dorinha, como prefere ser chamada, começou a se aventurar no mundo da literatura desde cedo. Ainda criança, apaixonou-se pelos livros e hoje chama a si mesma de contadora de histórias. Responsável pela biblioteca da Escola Estadual Josino Macedo, Dorinha, de 53 anos, escreve contos há mais de 22. Um deles agora a levará para outro continente.

Em novembro de 2017, enquanto recebia o prêmio “Melhores Contistas 2017”, no “Festival de Contos” realizado pela Literarte – Associação Internacional de Escritores e Artistas, Dorinha recebeu um convite para incluir um de seus contos no livro “Almanaque da Fauna Brasileira para Crianças”, que será lançado ainda este ano. A professora enviou o conto “O Jumento Brasileiro” e a história foi aceita. “Eles me convidaram para inscrever o conto, eu enviei e foi selecionado. Fiquei muito feliz”, fala Dorinha.

O livro será publicado em dois idiomas, o inglês e o português, e será direcionado para crianças de até 10 anos que estudem em escolas de língua portuguesa em Londres, na Inglaterra. O lançamento vai acontecer em duas cidades: na própria Londres, onde o evento contará com a participação das crianças para quem o livro é direcionado, e na cidade de Viana do Castelo, em Portugal.

“Sabemos da importância do trabalho de Dorinha como contadora de histórias, por compartilhar do pensamento de que o hábito pela leitura na infância geralmente tem por traz um contador, leitor do mundo e da palavra, capaz de levar a criança a ingressar no alucinante mundo de narrativas e que levam o livro e a literatura como entrada para o mundo também da leitura e da escrita", declarou a professora Lúcia Palhano, coordenadora de desenvolvimento escolar da SEEC.

Durante a solenidade de lançamento em Portugal, a professora Dorinha e seu marido João Maria da Roca, também contador de histórias, farão apresentações de seus contos e serão homenageados. Na oportunidade, Dorinha será empossada no Núcleo de Letras e Artes de Lisboa. “É o reconhecimento do trabalho de uma vida inteira. E que vai mostrar nossa cultura, nosso sotaque, nossas cores”, afirmou a professora.

Para arcar com os custos da viagem, a professora reuniu uma comitiva com escritores que também viajarão para a Europa para promover cursos de contação de histórias. Além disso, Dorinha está contando com o apoio da Secretaria de Educação e Cultura do RN. “A literatura foi que me trouxe até aqui, mas a SEEC e a CODESE têm sido palcos para que eu pudesse contar minhas histórias”, ressaltou Dorinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário