quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Avaliação medirá proficiência em língua portuguesa e matemática de alunos potiguares



Na próxima quinta-feira (22), a Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC) vai realizar a 3ª edição o RN Aprende, avaliação que mede o desempenho dos alunos da rede estadual de ensino nas disciplinas de língua portuguesa e matemática. As provas serão aplicadas em 551 escolas, com cerca de 50 mil alunos do ensino fundamental e médio de toda a rede estadual de ensino. 

“A realização desta avaliação é fundamental para o diagnóstico dos níveis de proficiência dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática, além de avaliar as condições de oferta do ensino nas escolas da rede estadual para subsidiar o planejamento estratégico/pedagógico da escola e a formulação e melhoria das políticas públicas para a educação do estado”, disse, a Secretária Adjunta de Educação, Mônica Guimarães.

As provas serão aplicadas para turmas do ensino regular, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3ª ou 4ª séries do Ensino Médio e os estudantes deverão realizar as provas na escola e no turno em que estão matriculados.

A edição 2017 da prova registrou a superação do índice de proficiência dos estudantes, que era de 2.90 e chegou a 2.96, nas provas do sistema de avaliação. “A Educação do RN está numa curva ascendente, alcançando marcas bastante positivas”, pontuou a secretária Adjunta, Mônica Guimarães.

Os resultados obtidos alimentarão o Sistema Integrado de Monitoramento e Avaliação Institucional (SIMAIS), plataforma criada pela SEEC, em 2016, que tem por objetivo aferir, com maior precisão, a qualidade do ensino ofertado pela rede estadual de ensino. 

Premiação

As escolas e regionais que conseguirem mobilizar os estudantes para realizarem a avaliação com expressiva participação, ganharão prêmio, com 44 Smart TVs de 50 polegadas, sendo 04 para as regionais e 40 para as escolas.

Para concorrerem, as escolas precisam apresentar as taxas de participação superiores a 80% e as regionais, taxa de participação superior a 70%- desde que mais da metade de suas escolas obtenham taxa de participação superior a 80%.

Avaliação  

A prova contém questões de Língua Portuguesa e Matemática e um questionário, que ajudarão a conhecer melhor a trajetória escolar e as condições de vida dos estudantes, a trajetória profissional e as condições de trabalho dos docentes e gestores, assim como a realidade da escola e as condições da oferta do ensino da rede estadual. Os estudantes terão o tempo de 2 horas e 30 minutos para concluir. 

A equipe de aplicação é composta pelo coordenador regional, que é responsável por liderar e apoiar o trabalho do Coordenador de Polo, que por sua vez, é responsável pela logística, capacitação e acompanhamento da aplicação dentro das regionais. O Coordenador de escola é responsável pela organização da aplicação e capacitação dos aplicadores e o aplicador pela aplicação dos testes e questionários, que serão os próprios professores da escola, desde que atuem em turnos diferentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário