Pular para o conteúdo principal

Governo do RN inicia celebração do aniversário de Paulo Freire


Patrono da educação brasileira, Paulo Freire é um dos pensadores nacionais com maior reconhecimento no mundo. O próximo dia 19 marca os 99 anos de nascimento do educador pernambucano. Para celebrar a memória de Freire, o Governo do Estado iniciou um ciclo de debates online nesta quinta-feira (17).

A primeira live, transmitida no canal da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) no Youtube, contou com a participação da governadora Fátima Bezerra e secretários e representantes das pastas da educação dos estados nordestinos. O grupo debateu a importância de Paulo Freire e de seus ensinamentos para os tempos atuais.

Em seu pronunciamento, a governadora e professora Fátima Bezerra relembrou a conexão de Freire com o Rio Grande do Norte, a partir da experiência de alfabetização coordenada por Freire na cidade de Angicos em 1963. E destacou ainda que o legado do educador é um farol para todos. “Ele é uma referência para todos nós até hoje, aqueles que sabemos o papel estratégico da educação na defesa da democracia. E merecidamente é o brasileiro mais premiado mundo afora, que nos inspira para resistir e continuar a luta pela educação pública”, afirmou ela.

A chefe do Executivo potiguar complementou sua fala ressaltando que a política educacional do RN seguirá trilhando os caminhos da educação emancipadora e democrática, com ações como a instituição da eleição direta para a Universidade do Estado do RN (UERN) até a política de erradicação do analfabetismo. “O analfabetismo é uma dívida secular do estado com o direito à educação. Abraçamos o compromisso de enfrentar a chaga do analfabetismo que infelizmente ainda permeia a nossa realidade”, pontuou Fátima Bezerra.

O titular da SEEC, Getúlio Marques, destacou que a política educacional potiguar ecoa as obras do educador nascido no Recife, especialmente no desafio de vencer o analfabetismo no estado, que conta com mais de 400 mil analfabetos. “Paulo Freire é uma ideia, um importante referencial para a educação que queremos: emancipadora, plural e popular, como pede nossa governadora Fátima Bezerra”, disse Marques.

Os representantes dos demais estados nordestinos saudaram a ação potiguar para celebrar o legado de Paulo Freire, como uma abertura das comemorações do centenário em 2021. “Todos os ensinamentos dele ainda nos inspiram, vemos um pouco de Paulo Freire todo dia no trabalho”, comentou o secretário de educação de Pernambuco, Fred Amâncio. “Enquanto nordestinos precisamos defender a permanência de Paulo Freire como nosso patrono, no nosso fazer educativo, (...) porque acreditamos na escola pública. É possível fazer com que a educação seja esse espaço de transformação”, completou a assessora especial da secretaria de educação do Ceará, Elizabete Araújo.

Entre os secretários estaduais de educação estiveram na live Jerônimo Rodrigues (BA) e Claudio Furtado (PB). E representaram as secretarias estaduais Elizabete Araújo (CE), Rosejane Farias Pinto (MA), Viviane Holanda (PI) e Ana Lúcia Muricy (SE).

AS 40 HORAS DE ANGICOS

A chefe da 8ª Diretoria de Educação e Cultura (Direc), Marileide Matias, também participou da live. A diretoria, que idealizou o ciclo de lives, é sediada no município de Angicos, onde ocorreu a experiência das 40 horas de Angicos. “O dia de hoje nos enche de esperanças, sinto-me privilegiada por estar vivendo este momento”, disse Matias, ressaltando que a comemoração do centenário do educador em 2021 deverá contar com extensa programação no RN.

O evento virtual foi encerrado com um vídeo do paraibano Chico César apresentando as músicas Béradêro, que cita Paulo Freire, e Inumeráveis, em parceria com o poeta cearense Bráulio Bessa, que homenageia as vítimas da Covid-19.

Ainda estiveram presentes o diretor-geral da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, que apresentou um poema escrito em homenagem ao educador, a secretária-adjunta da SEEC, Márcia Gurgel, a coordenadora de desenvolvimento escolar, Glauciane Pinheiro, a coordenadora das Diretorias Regionais de Educação e Cultura (Direcs), Magnólia Morais, e o assessor do Consórcio Nordeste, Sérgio Caetano.

O ciclo de lives seguirá até sábado, com uma live por dia, às 15h, no endereço https://www.youtube.com/SEECRNOficial. Nesta sexta-feira (18), o tema será “A Pedagogia Freiriana e as Práticas Pedagógicas”, com os educadores Carlos Brandão, Marcos Guerra, Walter Omar, Valquíria Félix, Inez Muniz e mediação de Liz Araújo, coordenadora de Educação de Jovens e Adultos (EJA) da SEEC.

O terceiro dia, na data de aniversário de nascimento do autor de Pedagogia do Oprimido, está reservado para a discussão sobre vida e obra de Freire. Com a mediação da secretária-adjunta de Educação do RN, Márcia Gurgel, a live terá como palestrantes os educadores Roberto Padilha e Nathércia Lacerda e o ex-ministro da Educação, Fernando Haddad.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

UFRN: Professora Selma Jerônimo recebe prêmio da Universidade de Iowa nos Estados Unidos

Trabalho de pesquisas desenvolvido pela professora Selma Jerônimo, da  Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na área de saúde pública, foi contemplado com o prêmio internacional Impact Award, concedido pela Universidade de Iowa, dos Estados Unidos. O prêmio é destinado à profissionais ou às instituições que colaboram com a Universidade de Iowa na construção de conhecimentos voltados para programas sociais que melhorem a vida das pessoas. Professora Selma Jerônimo A pesquisadora Selma Jerônimo, diretora do Instituto de Medicina Tropical da UFRN, é parceira da Universidade de Iowa desde o ano de 1996. Ela lembra a importância que está tendo o conhecimento gerado no próprio Instituto, na Escola Maternidade Januário Cicco, no Centro de Biologia da UFRN e no Departamento de Infectologia do Hospital Gizelda Trigueiro, para melhorar a vida das pessoas no Rio Grande do Norte. “A contribuição diária do IMT, MJEC, CB e do Departamento de Infectologia do HGT quebra o cic

Moacir de Lucena: o semeador de escolas

Moacir de Lucena e família em solenidade da UFRN (outubro de 2003) Matéria publicada na edição de novembro da Revista Foco English version Professor, tipógrafo, juiz, advogado, músico, jornaleiro, poeta, normalista, chefe escoteiro, esportista, animador cultural, educador itinerante.  Em sua trajetória de 100 anos de vida pelo Rio Grande do Norte, o oestano filho de Martins, Moacir de Lucena, procurou ser, acima de tudo, um servidor na luta pelo progresso social das pessoas. Desde cedo entendeu que esse progresso social só chegaria pela via da Educação.  Neste campo, de forma inovadora criou um método próprio de alfabetização com resultados concretos junto aos estudantes. Método que depois foi empregado com estardalhaço por Paulo Freire. Mas, Moacir de Lucena chegou antes, sem estardalhaço, sem propaganda, mas com a luminosidade das coisas feitas e da transformação extraordinária do analfabeto em alfabetizado. Entre as tentativas de definir Moacir de Lucena, seu filho L

7º SEL: UFRN prepara grande evento de Educação e Leitura para novembro

Reunião com a reitora sobre o 7º  SEL Matéria atualizada às 12h30 desta quinta-feira (2) Estão adiantados os preparativos para o 7º Seminário Educação e Leitura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), um dos maiores eventos no gênero no país. O 7º Seminário Educação e Leitura (SEL) acontece de 11 a 14 de novembro no Centro de Convenções do Praiamar Natal Hotel, em Ponta Negra, e deverá reunir mais de 1.000 participantes de todas as regiões do Rio Grande do Norte e de várias partes do Brasil. Em reunião ocorrida na manhã desta quinta-feira (2) a reitora da UFRN, Ângela Paiva garantiu total apoio ao evento. Participaram da reunião no gabinete da reitoria, a professora Marly Amarilha, a diretora do Centro de Educação da UFRN, Márcia Gurgel, e a professora Ângela Naschold, da equipe de organização do Seminário. As inscrições estão abertas a partir desta quarta-feira (01) para ouvintes e para apresentação de trabalho ou oferta de minicurso.  Equipe do Se